Mercado abrirá em 2 h 36 min

Prefeito de Cuiabá decreta toque de recolher por duas semanas

O prefeito Emanuel Pinheiro decretou toque de recolher. Foto: Divulgação/Prefeitura de Cuiabá

O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) decretou, nesta quarta-feira (10), toque de recolher em Cuiabá, capital do Mato Grosso, a partir deste sábado (13). Ele assinou o decreto 7.956, com novas medidas para enfrentar a pandemia de coronavírus.

O toque de recolher vai acontecer pelo período de duas semanas. Do dia 13 ao dia 28 de junho, está proibida a locomoção de qualquer cidadão das 22h30 às 5h. As únicas pessoas que estão fora dessa decisão são os trabalhadores de serviços essenciais.

Leia também:

O decreto também contempla a prorrogação da suspensão das atividades presenciais em escolas públicas e privadas até o próximo dia 12 de julho, podendo o prazo ser prorrogado, conforme o cenário observado na cidade.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

A partir de 15 de junho, o decreto autoriza a retomada de atividades de cursos de idioma, cursos de pós-graduação específicos na área da saúde e aulas práticas de ensino superior e técnico de cursos na área da saúde. Porém, é necessário que as turmas tenham, no máximo, 12 alunos e que sejam colocadas em prática todas as medidas de segurança.

Além disso, o documento também institui a mudança no horário de funcionamento no setor de prestadores de serviço a partir de 15 de junho. Sendo assim, segmentos de salão de beleza, barbearia e cabeleireiro, que estavam atuando com horário alternativo das 8h às 14h, passam a atender das 13h às 19h.

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.