Mercado fechado
  • BOVESPA

    114.647,99
    +1.462,52 (+1,29%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.798,38
    +658,14 (+1,26%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,66
    +1,35 (+1,66%)
     
  • OURO

    1.768,10
    -29,80 (-1,66%)
     
  • BTC-USD

    60.764,70
    +769,80 (+1,28%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.464,06
    +57,32 (+4,07%)
     
  • S&P500

    4.471,37
    +33,11 (+0,75%)
     
  • DOW JONES

    35.294,76
    +382,20 (+1,09%)
     
  • FTSE

    7.234,03
    +26,32 (+0,37%)
     
  • HANG SENG

    25.330,96
    +368,37 (+1,48%)
     
  • NIKKEI

    29.068,63
    +517,70 (+1,81%)
     
  • NASDAQ

    15.144,25
    +107,00 (+0,71%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3297
    -0,0741 (-1,16%)
     

Preço médio do aluguel sobe 3,8% em São Paulo

·1 minuto de leitura
Miniature wooden houses and red arrow up. The concept of increasing the cost of housing. High demand for real estate. The growth of rent and mortgage rates. Sale of apartments. Population grows
Valor médio de aluguel de apartamento de dois quartos com vaga de garagem é de R$ 3.494
  • Aluguel ficou 3,8% mais caro em março deste ano em relação a março de 2020 em São Paulo

  • Preço médio para alugar apartamento de dois quartos é de R$ 3.494

  • Bairros mais carros para morar ficam na região oeste

O aluguel em São Paulo ficou 3,8% mais caro em março, em comparação ao mesmo período em 2020, segundo um levantamento do Imovelweb divulgado nesta terça-feira (20). Para alugar um apartamento padrão de 65 metros quadrados na capital, com dois quartos e vaga de garagem, é preciso desembolsar um valor médio R$ 3.494 ao mês. As informações são do site 6 Minutos.

Leia também:

Os aluguéis mais caros ficam na zona oeste. O Itaim Bibi lidera a lista (R$ 4.910), depois vem Pinheiros (R$ 4.346) e em terceiro fica o Jardim Paulista (R$ 4.231).

Já os preços médios de locação mais em conta estão na zona leste da cidade. O bairro com aluguel mais barato é Cidade Tiradentes (R$ 1.073), seguido por Lajeado (R$ 1.343) e depois Sapopemba (R$ 1.358).

Alta do IGP-M

Proprietários de imóveis seguem o IGP-M (Índice Geral de Preços do Mercado) para fazer o reajuste de preços dos contratos de locação. Em março, o índice acumulou alta de 31,1% nos últimos 12 meses e isso não foi repassado ao locatário.

Com isso, a FGV (Fundação Getúlio Vargas), responsável pelo indicador estuda substituir o IGP-M por um novo índice para servir como base de cálculo para contratos de aluguéis.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos