Mercado fechará em 4 h 20 min
  • BOVESPA

    107.243,76
    -1.470,79 (-1,35%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.088,57
    +254,77 (+0,49%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,98
    +0,22 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.787,20
    -19,60 (-1,08%)
     
  • BTC-USD

    62.127,28
    -1.003,59 (-1,59%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.491,43
    -13,72 (-0,91%)
     
  • S&P500

    4.596,27
    +29,79 (+0,65%)
     
  • DOW JONES

    35.856,17
    +115,02 (+0,32%)
     
  • FTSE

    7.275,67
    +52,85 (+0,73%)
     
  • HANG SENG

    26.038,27
    -93,76 (-0,36%)
     
  • NIKKEI

    29.106,01
    +505,60 (+1,77%)
     
  • NASDAQ

    15.680,25
    +184,50 (+1,19%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4581
    +0,0218 (+0,34%)
     

Preço do óleo de soja tem alta de 90% em um ano, segundo Procon-SP

·2 minuto de leitura
Pouring food oil in hot pan for deep frying.
Em maio do ano passado, preço do óleo era de R$ 3,96, já em maio de 2021 chegou a R$ 7,55
  • Óleo de soja teve aula de 90,96% em um ano

  • Preço da cesta básica subiu 0,77% no período 

  • Segundo item com maior aumento foi o arroz (48,34%

O preço do óleo de soja subiu 90,66% em um ano, segundo levantamento mensal feito pelo Procon-SP em parceria com o Dieese (Departamento Intersindical de Estatísticas). Enquanto em maio do ano passado o preço da embalagem de 900 ml era de R$ 3,96, em maio de 2021 o valor de venda chegou a R$ 7,55 em média. 

Leia também:

Depois do óleo, o segundo item com maior aumento nos preços foi o arroz, com alta de 48,34%. O terceiro foi a carne de segunda, que subiu 41,98%

Cesta básica

A pesquisa mostra que a cesta básica do paulistano teve alta de 0,77% em um ano. Em 30 de abril, o valor era de R$ 1.030,47 e em 31 de maio era de R$ 1.038,47. 

O grupo Alimentação teve alta de 1,14%, enquanto o de Limpeza e o de Higiene Pessoal tiveram queda de 2% e 1,74%, respectivamente. 

Preços em maio

Já na variação mensal, dos 39 itens pesquisados, 22 deles tiveram aumento nos preços. Os que variaram mais foram o amaciante de dois litros (5,91%); biscoito de água e sal (5,91%); o quilograma de carne de segunda sem osso (5,15%); margarina de 250 gramas (5,14%) e o extrato de tomate de 340/350 gramas (4,41%).

Entre os 15 produtos em queda, destacam-se o quilograma da cebola (-10,74%); o pacote de um quilograma de sabão em pó (-5,58%); o quilograma de feijão carioquinha (-4,85%); o tubo de 90 gramas de creme dental (-3,56%) e a água sanitária de um litro (-3,54%).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos