Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.235,76
    +1.584,71 (+1,46%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.808,21
    +566,41 (+1,20%)
     
  • PETROLEO CRU

    91,73
    -0,20 (-0,22%)
     
  • OURO

    1.802,00
    -11,70 (-0,65%)
     
  • BTC-USD

    24.333,24
    +1.448,83 (+6,33%)
     
  • CMC Crypto 200

    573,52
    +42,30 (+7,96%)
     
  • S&P500

    4.210,24
    +87,77 (+2,13%)
     
  • DOW JONES

    33.309,51
    +535,11 (+1,63%)
     
  • FTSE

    7.507,11
    +18,96 (+0,25%)
     
  • HANG SENG

    19.835,41
    +224,57 (+1,15%)
     
  • NIKKEI

    27.819,33
    -180,63 (-0,65%)
     
  • NASDAQ

    13.438,75
    +46,75 (+0,35%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2479
    +0,0015 (+0,03%)
     

Preço de carro usado aumenta até 28% com falta de modelos no mercado

Preço de carro usado aumenta até 28%, com falta de modelos no mercado. Foto: Divulgação/Fiat.
Preço de carro usado aumenta até 28%, com falta de modelos no mercado. Foto: Divulgação/Fiat.
  • Segundo levantamento, o valor de 40 automóveis de passeio e comerciais leves mais vendidos no país subiu, em média, 7,1% após um ano de uso;

  • Pesquisa compara valores cobrados no primeiro semestre de 2022 com o preço médio dos mesmos veículos em condição de zero quilômetro durante o mesmo período de 2021;

  • Mercado de usados teve um recuo de 20% nas transações de veículos de passeio e utilitários leves no primeiro semestre de 2022.

Devido à falta de modelos de carros no mercado, veículos zeros comprados há cerca de um ano valorizaram até 28% na possibilidade de revenda como seminovo.

De acordo com um levantamento baseado em anúncios de revendas e de donos de automóveis usados no site da Mobiauto, o valor de 40 veículos de passeio e comerciais leves mais vendidos no Brasil aumentou em média 7,1% com um ano de uso.

Leia também:

A pesquisa compara valores cobrados durante o primeiro semestre de 2022 com o preço médio dos mesmo modelos em condição de zero quilômetro no mesmo período de 2021.

Essa valorização também ficou evidente com o Mobi, da empresa Fiat, na versão Easy com motor 1.0, cujo preço pulou de R$ 41 mil para R$ 52,5 mil. O salto representa um encarecimento de 28% durante um ano de uso.

Enquanto isso, o modelo Onix, que parou de ser produzido pela General Motors (GM) cinco vezes em 2021, viu sua versão LT, equipada com motor 1.0, subir de R$ 65,6 mil para R$ 75,1 mil, ou seja, valorizar 14,5%.

De com acordo com analistas apontados pelo Estadão, a tendência é que o mercado se estabilize. Após recorde em 2021, o mercado de usados teve um recuo de 20% nas transações de veículos de passeio e utilitários leves, como picapes e vans, no primeiro semestre de 2022. Enquanto isso, as vendas de novos vem tendo queda desde o início do ano que já chega a 15%.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos