Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.800,79
    -3.874,54 (-3,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.868,32
    -766,28 (-1,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,81
    +0,19 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.812,50
    -18,70 (-1,02%)
     
  • BTC-USD

    41.559,42
    -48,79 (-0,12%)
     
  • CMC Crypto 200

    955,03
    +5,13 (+0,54%)
     
  • S&P500

    4.395,26
    -23,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.935,47
    -149,06 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.032,30
    -46,12 (-0,65%)
     
  • HANG SENG

    25.961,03
    -354,29 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,83 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.966,50
    -71,25 (-0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1880
    +0,1475 (+2,44%)
     

Preços do petróleo sobem cerca de 2% com produção da Opep+ e projeções de demanda

·1 minuto de leitura
Campos de petróleo em Soroush, no Golfo Pérsico

Por Laila Kearney

NOVA YORK (Reuters) - Os preços do petróleo avançaram cerca de 2% nesta quinta-feira, com indicações de que os produtores da Opep+ podem aumentar a produção mais lentamente do que o esperado nos próximos meses, enquanto o avanço na demanda global de combustível causa aperto na oferta.

O petróleo Brent fechou em 75,84 dólares o barril, alta de 1,22 dólar, ou 1,6%. Já o petróleo nos EUA (WTI) fechou em 75,23 dólares o barril, alta de 1,76 dólar, ou 2,4%.

Durante a sessão, ambas as marcas de referências avançaram em mais de 2 dólares o barril, atingindo a máxima desde outubro de 2018.

Os contratos futuros reduziram ganhos após a Organização dos Países Exportadores de Petróleo e aliados, um grupo conhecido como Opep+, atrasarem sua reunião para sexta-feira, segundo fontes, depois que os Emirados Árabes Unidos bloquearam um plano para redução imediata dos cortes de ofertas.

"Esse atraso nas negociações é incomum e parece indicar algumas discordâncias significativas entre os participantes da organização", disse Jim Ritterbusch, da Ritterbusch and Associates.

As fontes da Opep+ afirmaram mais cedo que a expectativa era de que o grupo aumentasse a produção em 0,4 milhão de barris por dia, por mês, de agosto até dezembro de 2021.

(Reportagem Adicional de Bozorgmehr Sharafedin em Londres, Noah Browning em Londres e Florence Tan em Cingapura)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos