Mercado fechado
  • BOVESPA

    102.224,26
    -3.586,99 (-3,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.492,52
    -1.132,48 (-2,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,15
    -10,24 (-13,06%)
     
  • OURO

    1.788,10
    +1,20 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    54.784,14
    +758,93 (+1,40%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.365,60
    -89,82 (-6,17%)
     
  • S&P500

    4.594,62
    -106,84 (-2,27%)
     
  • DOW JONES

    34.899,34
    -905,04 (-2,53%)
     
  • FTSE

    7.044,03
    -266,34 (-3,64%)
     
  • HANG SENG

    24.080,52
    -659,64 (-2,67%)
     
  • NIKKEI

    28.751,62
    -747,66 (-2,53%)
     
  • NASDAQ

    16.051,00
    -315,00 (-1,92%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3485
    +0,1103 (+1,77%)
     

Preços do petróleo caem cerca de 2% com estoques dos EUA avançando bruscamente

·2 min de leitura
Bomba de petróleo na bacia de Permian, Texas

Por David Gaffen

NOVA YORK Reuters) - Os preços do petróleo caíram nesta quarta-feira depois que os estoques de petróleo dos Estados Unidos aumentaram mais do que o esperado, mesmo com a queda dos estoques de combustível e o esvaziamento dos tanques do maior centro de armazenamento do país.

O aumento, maior do que o esperado, nos estoques de petróleo dos EUA deu a alguns investidores um ímpeto para vender posições compradas, depois que fortes ganhos nas últimas semanas trouxeram as marcas de referência do Brent e do petróleo dos EUA para máximas de vários anos.

Os contratos futuros do Brent fecharam em queda de 1,82 dólar, ou 2,1%, para 84,58 dólares o barril, após fechar na máxima de sete anos na terça-feira. O petróleo dos EUA (WTI) fechou em queda de 1,99 dólar, ou 2,4%, para 82,66 dólares o barril.

"Tivemos um recuo razoável com a realização de lucros mais do que qualquer coisa, mas ainda 80 dólares para (WTI) é um número forte", disse Gary Cunningham, diretor de pesquisa de mercado da Tradition Energy.

Ambas as marcas de referência fecharam na sexta-feira com um sétimo ganho semanal consecutivo, já que os principais produtores restringiram a oferta e com a recuperação da demanda após o alívio das restrições da pandemia.

Os estoques de petróleo aumentaram 4,3 milhões de barris na semana passada, de acordo com o Departamento de Energia dos EUA, mais do que o ganho esperado de 1,9 milhão de barris. Os estoques de gasolina caíram 2 milhões de barris, baixando-os para níveis não vistos em quase quatro anos, enquanto os consumidores norte-americanos enfrentam o aumento dos preços para encher os tanques de seus veículos. [EIA/S]

(Reportagem adicional de Scott DiSavino e Noah Browning)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos