Mercado fechará em 5 h 54 min
  • BOVESPA

    125.833,14
    +1.221,11 (+0,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.956,95
    +46,42 (+0,09%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,92
    +0,27 (+0,38%)
     
  • OURO

    1.794,50
    -5,30 (-0,29%)
     
  • BTC-USD

    39.550,29
    +1.277,06 (+3,34%)
     
  • CMC Crypto 200

    925,94
    -3,98 (-0,43%)
     
  • S&P500

    4.397,25
    -4,21 (-0,10%)
     
  • DOW JONES

    34.989,97
    -68,55 (-0,20%)
     
  • FTSE

    7.013,32
    +17,24 (+0,25%)
     
  • HANG SENG

    25.473,88
    +387,45 (+1,54%)
     
  • NIKKEI

    27.581,66
    -388,56 (-1,39%)
     
  • NASDAQ

    14.967,75
    +20,00 (+0,13%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0482
    -0,0602 (-0,99%)
     

Preços do petróleo avançam para máxima em mais de 2 anos com queda nos estoques dos EUA

·2 minuto de leitura
Sol se pondo atrás de bomba de petróleo em Loving County, no Texas, Estados Unidos.

Por Devika Krishna Kumar

NOVA YORK (Reuters) - Os preços do petróleo avançaram neta quarta-feira, com o Brent subindo acima dos 76 dólares o barril, a sua máxima desde o fim de 2018, após informações mostrarem que os estoques dos Estados Unidos recuaram com a temporada de viagens ganhando ritmo.

Os estoques de petróleo dos EUA recuaram 7,6 milhões de barris na semana passada, para 459,1 milhões de barris, segundo afirmou a Administração de Informação de Energia (AIE), uma queda mais brusca que os 3,9 milhões de barris que os analistas esperavam em pesquisa da Reuters. [EIA/S]

Os estoques em Cushing, Oklahoma, ponto de entrega para os futuros de petróleo dos EUA, recuaram 1,8 milhão de barris para a mínima desde março de 2020. Além disso, a demanda de gasolina foi mais alta na semana passada.

"As pessoas estão voltando aos seus carros e isso está mostrando números altos significantes. Esses números irão manter a pressão para alta dos preços", afirmou Phil Flynn, analista sênior no Grupo de Preços Futuros de Chicago.

O petróleo Brent avançou 0,38 dólar, ou 0,5%, para fechar a sessão em 75,19 dólares o barril.

A máxima da sessão, de 76,02 dólares após as informações da AIE, foi o maior valor desde outubro de 2018.

O petróleo dos EUA (WTI) subiu 0,23 dólar, ou 0,3%, para fechar em 73,08 dólares, após atingir 74,25 dólares, também a máxima desde outubro de 2018.

Um recuo no dólar dos EUA impulsionou o preço do petróleo, sendo mais barato para compradores de outras moedas. [USD/]

O Brent ganhou mais que 45% este ano, apoiado pelos cortes de oferta da Organização de Países Exportadores de Petróleo e aliados (Opep+) e com a flexibilização das restrições do coronavírus impulsionando a demanda. Alguns executivos de indústria falam sobre o petróleo voltar aos 100 dólares, pela primeira vez desde 2014.

(Por Laila Kearney, Alex Lawler e Sonali Paul)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos