Mercado fechado

Preços do petróleo avançam após queda nos estoques dos EUA

Por Stephanie Kelly
·1 minuto de leitura

Por Stephanie Kelly

NOVA YORK (Reuters) - Os preços do petróleo subiram nesta quarta-feira, apoiados por dados do governo dos Estados Unidos que indicaram que os estoques de petróleo e gasolina do país diminuíram na semana passada, embora preocupações com a pandemia de coronavírus tenham limitado os ganhos.

O petróleo Brent fechou em alta de 0,05 dólar, a 41,77 dólares por barril, enquanto o petróleo dos EUA (WTI) avançou 0,13 dólar, para 39,93 dólares o barril.

Os estoques de petróleo, gasolina e produtos refinados dos EUA recuaram na última semana, apontou a Administração de Informação sobre Energia (AIE). As reservas de petróleo tiveram queda de 1,6 milhão de barris, aquém do esperado; os estoques de gasolina recuaram em 4 milhões de barris, mais do que o previsto; e os de derivados registraram uma surpreendente diminuição de 3,4 milhões de barris.

"A grande surpresa foram os (estoques de) derivados vindo bem abaixo da média", disse Phil Flynn, analista sênior do Price Futures Group em Chicago.

No entanto, a contagem crescente de casos de coronavírus em países como Índia, França e Espanha, bem como as novas restrições impostas no Reino Unido, renovaram temores a respeito da demanda, justamente em momento em que a Líbia amplia sua oferta de petróleo. Nos EUA, o número de mortes por coronavírus ultrapassou a marca de 200 mil.

(Por Stephanie Kelly, com reportagem adicional de Alex Lawler e Aaron Sheldrick)