Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.035,17
    -2.220,83 (-1,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.592,91
    +282,61 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,66
    -1,87 (-2,94%)
     
  • OURO

    1.733,00
    -42,40 (-2,39%)
     
  • BTC-USD

    43.826,58
    -3.338,30 (-7,08%)
     
  • CMC Crypto 200

    912,88
    -20,25 (-2,17%)
     
  • S&P500

    3.811,15
    -18,19 (-0,48%)
     
  • DOW JONES

    30.932,37
    -469,63 (-1,50%)
     
  • FTSE

    6.483,43
    -168,53 (-2,53%)
     
  • HANG SENG

    28.980,21
    -1.093,99 (-3,64%)
     
  • NIKKEI

    28.966,01
    -1.202,29 (-3,99%)
     
  • NASDAQ

    12.905,75
    +74,00 (+0,58%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7633
    +0,0244 (+0,36%)
     

Preços do petróleo ampliam perdas com Texas prestes a retomar produção

Devika Krishna Kumar
·1 minuto de leitura

Por Devika Krishna Kumar

NOVA YORK (Reuters) - Os preços do petróleo recuaram pelo segundo dia consecutivo nesta sexta-feira, afastando-se ainda mais de máximas recentes, à medida que empresas de energia do Texas começam a se preparar para reativar campos de óleo e gás paralisados pelo frio excessivo e pela falta de eletricidade.

Os contratos futuros do petróleo Brent terminaram a sessão em queda de 1,02 dólar, ou 1,6%, a 62,91 dólares por barril, enquanto o petróleo dos Estados Unidos (WTI) recuou 1,28 dólar, ou 2,1%, para 59,24 dólares o barril.

Na semana, o Brent apurou ganho de cerca de 0,5%, enquanto o WTI cedeu cerca de 0,7%.

Ambas as referências chegaram a atingir os maiores níveis em mais de um ano ao longo da semana.

"O recuo no preço até aqui parece ser uma correção, e é leve dentro do contexto deste mês, de grande aceleração altista do preço", disse Jim Ritterbusch, presidente da Ritterbusch and Associates.

O tempo atipicamente frio no Texas e nos Estados das Planícies norte-americanas interrompeu a produção de até 4 milhões de barris por dia (bpd) de petróleo e 21 bilhões de pés cúbicos de gás natural, estimaram analistas.

As companhias, porém, devem se preparar já nesta sexta-feira para a retomada da produção, à medida que serviços de energia elétrica e água são lentamente retomados, disseram fontes.

(Reportagem adicional de Ahmad Ghaddar em Londres, Roslan Khasawneh em Cingapura e Sonali Paul em Melbourne)