Mercado abrirá em 1 h 44 min
  • BOVESPA

    113.282,67
    -781,33 (-0,68%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.105,71
    -358,59 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    74,91
    +0,93 (+1,26%)
     
  • OURO

    1.748,20
    -3,50 (-0,20%)
     
  • BTC-USD

    43.687,69
    +489,00 (+1,13%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.087,91
    -15,15 (-1,37%)
     
  • S&P500

    4.455,48
    +6,50 (+0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.798,00
    +33,20 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.059,24
    +7,76 (+0,11%)
     
  • HANG SENG

    24.208,78
    +16,62 (+0,07%)
     
  • NIKKEI

    30.240,06
    -8,75 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    15.238,25
    -80,50 (-0,53%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2479
    -0,0077 (-0,12%)
     

Preços futuros do aço recuam na China em meio a preocupações com demanda

·1 minuto de leitura

Por Enrico Dela Cruz

(Reuters) - Os contratos futuros do aço negociados em Xangai recuaram pela segunda sessão consecutiva nesta quarta-feira, à medida que preocupações com a desaceleração da demanda por materiais de construção e manufatura na China ofuscaram movimentos do país para reduzir sua produção siderúrgica.

O vergalhão de aço para construção negociado na bolsa de futuros de Xangai fechou em queda de 0,3%, a 5.658 iuanes (869,82 dólares) por tonelada, enquanto a bobina laminada a quente caiu 1,6%, para 5.879 iuanes por tonelada.

O aço inoxidável cedeu 1,8%, a 19.120 iuanes por tonelada.

Yanting Zhou, economista sênior da Wood Mackenzie, disse que a desaceleração do crescimento da produção industrial da China e o fraco investimento em manufatura e infraestrutura devem ter um impacto negativo na demanda doméstica por metais.

"A demanda por aço provavelmente sofrerá um impacto maior em comparação com outros metais", afirmou Zhou, citando especialmente a desaceleração "significativa" nos investimentos em infraestruturas de transporte.

Na bolsa de commodities de Dalian, o minério de ferro --principal matéria-prima siderúrgica-- avançou 0,2%, a 1.137,50 iuanes por tonelada, após ter operado em intervalos limitados durante a sessão.

(Reportagem de Enrico Dela Cruz, em Manila)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos