Mercado abrirá em 3 h 45 min
  • BOVESPA

    129.441,03
    -634,97 (-0,49%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.286,46
    +400,16 (+0,79%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,62
    +0,71 (+1,00%)
     
  • OURO

    1.858,90
    -20,70 (-1,10%)
     
  • BTC-USD

    39.634,36
    +4.055,48 (+11,40%)
     
  • CMC Crypto 200

    926,46
    -15,35 (-1,63%)
     
  • S&P500

    4.247,44
    +8,26 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.479,60
    +13,40 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.157,40
    +23,34 (+0,33%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,23 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    29.161,80
    +213,07 (+0,74%)
     
  • NASDAQ

    14.033,00
    +38,75 (+0,28%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1908
    -0,0018 (-0,03%)
     

Preços fecham em alta após máxima de 15 meses, com perspectivas de demanda

·1 minuto de leitura
Bomba de petróleo feita por impressora 3D com logo da Opep.

Por Laura Sanicola

NOVA YORK (Reuters) - Os preços do petróleo fecharam em alta nesta terça-feira, com o Brent atingindo mais que 71 dólares e negociado na sua máxima desde março, com expectativas para um aumento na demanda de combustível durante a temporada de verão nos Estados Unidos.

Os futuros do petróleo Brent para agosto fecharam em alta de 0,93 dólar, ou 1,3%, a 70,25 dólares o barril, após atingir 71 dólares anteriormente na sessão --o seu preço máximo intradia desde 8 de março.

O petróleo dos Estados Unidos (WTI) para julho fechou em alta de 1,40 dólar, ou 2,1%, em 67,72 dólares.

Os estoques de petróleo dos EUA devem ter tido recuo de 2,1 milhões de barris na semana passada, de acordo com uma pesquisa prévia da Reuters.

A Organização de Países Exportadores de Petróleo e seus aliados, conhecido como Opep+, também decidiu continuar com o redução nos cortes de oferta, na reunião desta terça-feira, segundo uma fonte da Opep, com produtores equilibrando a expectativa de recuperação da demanda frente a possibilidade de aumento no bombeamento do Irã.

(Laura Sanicola Noah Browning e Jessica Jaganathan)