Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.515,74
    +714,95 (+0,59%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.869,48
    +1,16 (+0,00%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,49
    -2,46 (-3,33%)
     
  • OURO

    1.812,40
    -0,20 (-0,01%)
     
  • BTC-USD

    38.915,68
    -2.193,93 (-5,34%)
     
  • CMC Crypto 200

    951,68
    -9,21 (-0,96%)
     
  • S&P500

    4.387,16
    -8,10 (-0,18%)
     
  • DOW JONES

    34.838,16
    -97,31 (-0,28%)
     
  • FTSE

    7.081,72
    +49,42 (+0,70%)
     
  • HANG SENG

    26.235,80
    +274,77 (+1,06%)
     
  • NIKKEI

    27.781,02
    +497,43 (+1,82%)
     
  • NASDAQ

    14.959,75
    +4,00 (+0,03%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1448
    -0,0432 (-0,70%)
     

Preços ao produtor nos EUA aumentam mais que o esperado em junho

·1 minuto de leitura

WASHINGTON (Reuters) - Os preços ao produtor nos Estados Unidos aumentaram mais do que o esperado em junho, sugerindo que a inflação pode permanecer alta, já que a demanda robusta alimentada pela recuperação da economia continua pressionando a cadeia de abastecimento.

O índice de preços ao produtor para a demanda final aumentou 1,0% no mês passado, após alta de 0,8% em maio, informou o Departamento do Trabalho nesta quarta-feira. No acumulado de 12 meses até junho, o índice apresentou alta de 7,3%. Esse foi o maior aumento ano a ano desde novembro de 2010, após avanço de 6,6% em maio.

Economistas consultados pela Reuters previam que o índice aumentaria 0,6% em junho e 6,8% em comparação com o ano anterior.

Os preços mais altos das commodities e os custos trabalhistas elevados devido à escassez de mão de obra estão impulsionando a inflação na porta das fábricas. Com os estoques em níveis muito baixos devido a problemas na cadeia de abastecimento, os produtores estão repassando facilmente o custo mais alto aos consumidores.

O governo informou na terça-feira que os preços ao consumidor nos EUA subiram ao maior patamar em 13 anos em junho. A inflação tem sido impulsionada, em grande parte, por setores que estão no centro da reabertura econômica, embora houvesse sinais em junho de que ela estava se expandindo para outros segmentos.

(Por Lucia Mutikani)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos