Mercado abrirá em 1 h 21 min
  • BOVESPA

    115.062,54
    -1.118,01 (-0,96%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.192,33
    +377,16 (+0,73%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,46
    -0,15 (-0,21%)
     
  • OURO

    1.777,20
    -17,60 (-0,98%)
     
  • BTC-USD

    47.983,12
    +595,37 (+1,26%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.235,64
    +38,43 (+3,21%)
     
  • S&P500

    4.480,70
    +37,65 (+0,85%)
     
  • DOW JONES

    34.814,39
    +236,82 (+0,68%)
     
  • FTSE

    7.048,28
    +31,79 (+0,45%)
     
  • HANG SENG

    24.667,85
    -365,36 (-1,46%)
     
  • NIKKEI

    30.323,34
    -188,37 (-0,62%)
     
  • NASDAQ

    15.472,50
    -31,50 (-0,20%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1446
    -0,0514 (-0,83%)
     

Preços ao produtor no Brasil aceleram alta a 1,94% em julho

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO (Reuters) - O Índice de Preços ao Produtor (IPP) do Brasil acelerou a alta a 1,94% em julho, de 1,29% em junho, marcando a taxa mais alta dos últimos três meses.

Os dados informados nesta sexta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que a inflação ao consumidor passou a acumular em 12 meses taxa de 35,08%, entre os quatro maiores da série iniciada em dezembro de 2014.

No mês, a atividade de metalurgia teve alta de 3,68%, indústrias extrativas subiram 3,61%, vestuário avançou 3,45% e refino de petróleo e produtos de álcool subiu 3,26%.

"Em linhas gerais o indicador de julho é muito influenciado pelas condições do comércio internacional devido às altas acumuladas e correntes das commodities minerais, agropecuárias e do petróleo, com impacto nos preços de venda e na estrutura de custos das atividades de maior influência no mês", explicou Felipe Figueiredo Câmara, analista do índice.

"Um inverno mais rigoroso em 2021 e a entressafra de insumos importantes à fabricação de alimentos também contribuíram para deteriorar as condições de oferta de matéria-prima, pressionando as margens do produtor industrial desse setor", completou.

O IPP mede a variação dos preços de produtos na "porta da fábrica", sem impostos e frete, de 24 atividades das indústrias extrativas e da transformação.

(Por Camila Moreira)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos