Mercado fechado
  • BOVESPA

    104.466,24
    +3.691,67 (+3,66%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.927,38
    +920,22 (+1,84%)
     
  • PETROLEO CRU

    67,37
    +1,80 (+2,75%)
     
  • OURO

    1.767,90
    -13,70 (-0,77%)
     
  • BTC-USD

    56.859,85
    +73,91 (+0,13%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.450,10
    +11,22 (+0,78%)
     
  • S&P500

    4.577,10
    +64,06 (+1,42%)
     
  • DOW JONES

    34.639,79
    +617,75 (+1,82%)
     
  • FTSE

    7.129,21
    -39,47 (-0,55%)
     
  • HANG SENG

    23.788,93
    +130,01 (+0,55%)
     
  • NIKKEI

    27.753,37
    -182,25 (-0,65%)
     
  • NASDAQ

    16.016,50
    +146,75 (+0,92%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3802
    -0,0666 (-1,03%)
     

Preços ao produtor dos EUA sobem com força em outubro

·1 min de leitura
Operários trabalham em linha de produção em Lordstown, no Estado norte-americano de Ohio

WASHINGTON (Reuters) - Os preços ao produtor nos Estados Unidos aumentaram de maneira sólida em outubro, indicando que a inflação alta no país pode persistir por um tempo em meio a gargalos nas cadeias de abastecimento relacionados à pandemia.

O índice de preços ao produtor para a demanda final subiu 0,6% no mês passado, após alta de 0,5% em setembro, informou o Departamento do Trabalho dos EUA nesta terça-feira. No acumulado de 12 meses até outubro, o índice saltou 8,6%, após ganho semelhante em setembro.

Economistas consultados pela Reuters previam que os preços ao produtor avançariam 0,6% na base mensal e 8,7% no comparativo anual.

(Por Lucia Mutikani)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos