Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.282,67
    -781,33 (-0,68%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.105,71
    -358,59 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    74,39
    +0,41 (+0,55%)
     
  • OURO

    1.749,10
    -2,60 (-0,15%)
     
  • BTC-USD

    43.889,28
    +1.177,54 (+2,76%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.067,20
    -35,86 (-3,25%)
     
  • S&P500

    4.455,48
    +6,50 (+0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.798,00
    +33,20 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.051,48
    -26,87 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    24.192,16
    -318,84 (-1,30%)
     
  • NIKKEI

    30.248,81
    +609,41 (+2,06%)
     
  • NASDAQ

    15.330,00
    +11,25 (+0,07%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2548
    +0,0298 (+0,48%)
     

Preços do aço avançam na China com redução de estoques e melhora na demanda

·1 minuto de leitura

PEQUIM (Reuters) - Os contratos futuros do aço negociados na China avançaram cerca de 4% nesta segunda-feira, apoiados por uma redução nos estoques dos metais industriais pela quarta semana consecutiva e por um aumento na demanda 'downstream'.

Os estoques de cinco dos principais produtos siderúrgicos, incluindo vergalhão de aço e bobinas laminadas a quente, recuaram 1,1% na semana passada em relação à anterior, a 21 milhões de toneladas, segundo dados da consultoria Mysteel. Já o consumo aparente aumentou 1,2%, para 10,36 milhões de toneladas.

"Com a chegada da alta temporada, a demanda deve melhorar, e a política mais restritiva para a produção de aço beneficiará os contratos para meses mais distantes", disse a GF Futures em nota.

O contrato mais ativo do vergalhão de aço na bolsa de futuros de Xangai, para entrega em janeiro, fechou em alta de 4%, a 5.354 iuanes (827,68 dólares) por tonelada.

As bobinas laminadas a quente, utilizadas no setor de manufatura, avançaram 3,8%, a 5.637 iuanes/tonelada.

Os preços das matérias-primas siderúrgicas na bolsa de commodities de Dalian também subiram.

Os futuros do minério de ferro abriram o dia em alta de 4,9%, mas devolveram a maior parte dos ganhos, fechando o dia em alta de 0,7%, a 835 iuanes por tonelada.

"O crescimento da produção global de minério de ferro vai acelerar entre 2021 e 2025, após ter estagnado nos cinco anos anteriores", disse a Fitch Solutions em nota, acrescentando que a produção de minério da China deve aumentar.

(Reportagem de Min Zhang e Dominique Patton)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos