Mercado fechará em 3 h 49 min
  • BOVESPA

    113.654,34
    -53,41 (-0,05%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.374,90
    -359,14 (-0,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    90,12
    +2,01 (+2,28%)
     
  • OURO

    1.772,70
    -4,00 (-0,23%)
     
  • BTC-USD

    23.450,16
    +50,28 (+0,21%)
     
  • CMC Crypto 200

    559,43
    +1,70 (+0,30%)
     
  • S&P500

    4.284,08
    +10,04 (+0,23%)
     
  • DOW JONES

    33.960,72
    -19,60 (-0,06%)
     
  • FTSE

    7.541,85
    +26,10 (+0,35%)
     
  • HANG SENG

    19.763,91
    -158,54 (-0,80%)
     
  • NIKKEI

    28.942,14
    -280,63 (-0,96%)
     
  • NASDAQ

    13.556,25
    +63,00 (+0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2511
    -0,0081 (-0,15%)
     

Preço do petróleo sobe com foco na Opep+ apesar de preocupações sobre demanda

Miniaturas de barris de petróleo

Por Alex Lawler

LONDRES - (Reuters) - Os contratos futuros do petróleo apresentavam alta de menos de 1% nesta terça-feira, antes de uma reunião de produtores da Opep+ esta semana que pode não levar a uma oferta adicional da commodity.

A preocupação com uma possível recessão global, contudo, coloca algum limite aos ganhos.

O petróleo Brent avançou 0,5%, para 100,54 dólares, enquanto o petróleo bruto WTI, dos EUA, também subiu ligeiramente, 0,6%, a 94,42 dólares.

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo e aliados, incluindo a Rússia, conhecida como Opep+, reúne-se na quarta-feira. Duas de oito fontes disseram que um aumento modesto na produção seria discutido, enquanto os demais disseram que um aumento era improvável.

"Há muito mais incerteza desta vez", disse Craig Erlam da corretora OANDA da reunião da OPEP+. "A decisão esta semana nos dirá o quão unificado o grupo ainda é."

O petróleo disparou no início de 2022, com Brent em março chegando perto ao seu preço máximo histórico, de 147 dólares o barril, após a invasão russa à Ucrânia ter aumentado as preocupações com o suprimento.

Desde então, as preocupações quanto à desaceleração do crescimento global têm se sobreposto às relacionadas à oferta apertada.

(Reportagem de Alex Lawler; com reportagem adicional de Muyu Xu em Cingapura e Scott DiSavino em Nova York)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos