Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.523,47
    -1.617,17 (-1,47%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.049,05
    +174,14 (+0,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,23
    -2,65 (-3,49%)
     
  • OURO

    1.865,90
    -50,40 (-2,63%)
     
  • BTC-USD

    23.318,42
    -86,67 (-0,37%)
     
  • CMC Crypto 200

    535,42
    -1,43 (-0,27%)
     
  • S&P500

    4.136,48
    -43,28 (-1,04%)
     
  • DOW JONES

    33.926,01
    -127,93 (-0,38%)
     
  • FTSE

    7.901,80
    +81,64 (+1,04%)
     
  • HANG SENG

    21.660,47
    -297,89 (-1,36%)
     
  • NIKKEI

    27.509,46
    +107,41 (+0,39%)
     
  • NASDAQ

    12.616,50
    -230,25 (-1,79%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5385
    +0,0488 (+0,89%)
     

Preço do petróleo sobe 3% com perspectiva econômica global, apesar de estoques altos nos EUA

Por Scott DiSavino

NOVA YORK (Reuters) - Os preços do petróleo subiram 3% nesta quarta-feira, para o maior nível em uma semana, diante de perspectivas de melhora econômica global e preocupações com o impacto das sanções sobre a produção de petróleo da Rússia.

O avanço ocorreu apesar de um aumento inesperado nos estoques de petróleo dos Estados Unidos.

Os futuros do Brent subiram 2,57 dólares, ou 3,2%, para 82,67 dólares o barril, enquanto o petróleo nos EUA (WTI) subiu 2,29 dólares, ou 3,1%, para 77,41 dólares.

Ambos os índices de referência atingiram seu nível mais alto desde 30 de dezembro, com o WTI subindo pelo quinto dia consecutivo pela primeira vez desde outubro e o Brent subindo pelo terceiro dia consecutivo pela primeira vez desde dezembro.

As ações globais subiram com a esperança de que os números da inflação e dos lucros dos EUA, divulgados na quinta-feira, indiquem uma economia resiliente e resultem em um ritmo mais lento de aumento das taxas de juros.

Se a inflação ficar abaixo das expectativas, isso derrubaria o dólar, disseram analistas, o que poderia aumentar a demanda por petróleo porque torna o petróleo mais barato para os compradores que possuem outras moedas.

(Reportagem adicional de Noah Browning em Londres, Sonali Paul em Melbourne, Trixie Yap em Cingapura e Laila Kearney em Nova York)