Preço do material escolar pode subir no mês de janeiro, diz FGV

SÃO PAULO – O começo do ano é uma preocupação para os pais que precisam comprar o material escolar dos filhos. Além de precisar pesquisar os preços em vários estabelecimentos e ficar atento com a qualidade do produto, o consumidor também deverá notar uma alta nos preços do setor.

De acordo com um levantamento do IPC/FGV, entre janeiro e dezembro de 2012, o material escolar, incluindo livros, subiu 5,31%, índice abaixo da inflação de 5,74%, no mesmo período, também medida pela pesquisa. Dessa forma, se descontado a inflação, não houve alta no valor do material.

No entanto, o responsável pelo levantamento, André Braz, lembra que grande procura por esses itens em janeiro podem fazer com que os preços subam. 

Economizar
A dica de Braz para economizar na hora da adquirir dos produtos é comprar em grande quantidade. “Vale que os pais se reúnam em grupos para comprar em grande quantidade e baixar o custo do material”, explica.

A Fundação Procon-SP também recomenda que os pais evitem comprar produtos licenciados e com personagens e logotipos, pois costumam ser mais caros e nem sempre de boa qualidade. 

Carregando...