Mercado abrirá em 6 h 45 min
  • BOVESPA

    112.611,65
    +1.322,47 (+1,19%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.466,02
    -571,03 (-1,12%)
     
  • PETROLEO CRU

    87,04
    +0,43 (+0,50%)
     
  • OURO

    1.796,70
    +3,60 (+0,20%)
     
  • BTC-USD

    37.170,31
    +1.212,39 (+3,37%)
     
  • CMC Crypto 200

    842,46
    +22,95 (+2,80%)
     
  • S&P500

    4.326,51
    -23,42 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.160,78
    -7,31 (-0,02%)
     
  • FTSE

    7.554,31
    +84,53 (+1,13%)
     
  • HANG SENG

    23.573,35
    -233,65 (-0,98%)
     
  • NIKKEI

    26.697,71
    +527,41 (+2,02%)
     
  • NASDAQ

    14.096,50
    +109,75 (+0,78%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0293
    +0,0053 (+0,09%)
     

Preço mínimo anual do Bitcoin cresceu 720% em 2021 em comparação a ano anterior

·2 min de leitura
Gráficos de alta do Bitcoin crescentes
Gráficos de alta do Bitcoin crescentes

Embora muitas pessoas olhem apenas para o preço máximo do Bitcoin no ano, outra métrica que pode ajudar na visualização de seu crescimento é o preço mínimo anual do Bitcoin. Esta mínima cresceu 720% no ano de 2021 em relação à 2020, maior número desde 2014.

A entrada de instituições, adoção do Bitcoin por El Salvador, bilionários defendendo a moeda, entre outras razões importantes foram os principais motivos que mantiveram o Bitcoin com um forte suporte.

Agora em 2022, os ursos terão um grande desafio para fazer com que o Bitcoin seja negociado abaixo desta marca, afinal já foi testada em junho de 2021 e o mercado de Bitcoin aguentou firme a posição.

Crescimento de 720% em 2021

Embora muitos críticos batam no Bitcoin quando seu preço cai, é importante notar que ele está sempre renovando suas mínimas históricas. Ou seja, seu suporte está sempre crescendo no decorrer dos anos, um movimento que não costuma ser tão vigiado quanto as altas.

Enquanto o preço mínimo anual de 2020 foi de US$ 3.850,00, este valor subiu para 27.734 USD em 2021, ainda em janeiro quando estava no início de sua subida. Um crescimento de 720% de 2020 para 2021 que acaba sendo o maior desde 2014.

Preço mínimo anual do Bitcoin. Dados: Bitstamp
Preço mínimo anual do Bitcoin. Dados: Bitstamp

Em outras palavras, esta métrica é tão importante quanto olhar para as altas históricas do Bitcoin, que geralmente acontecem em momentos de euforia. Sendo assim, as baixas complementam essa análise de crescimento do BTC.

De fato, este suporte tem fundamentos, afinal 2021 foi marcado pela chegada de ETFs tanto no Brasil quanto nos EUA, entre outros movimentos do mercado financeiro tradicional.

A entrada de grandes nomes e empresas no BTC, isso sem mencionar El Salvador, primeiro país a adotar o bitcoin como moeda legal, que são fatos importantes ao se observar a retrospectiva 2021 da moeda digital.

Preço mínimo anual é um ótimo suporte

Ao contrário das máximas oferecem uma grande resistência para os touros, estes picos de baixa são um grande suporte para o preço do Bitcoin, não sendo tão fácil rompê-lo.

Além da mínima anual de US$ 27.734, marcada em janeiro quando o BTC estava iniciando sua escalada para os 69 mil dólares, também é importante notar que esta zona segurou o preço do BTC em junho, quando ele chegou a 28.600 USD.

O que podemos esperar para 2022, caso aconteça um bear market, é que este seja o suporte mais forte do Bitcoin. Todavia, esperamos que sua baixa histórica anual continue crescendo, como aconteceu consecutivamente nos últimos seis anos.

Fonte: Livecoins

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos