Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.716,00
    -2.354,48 (-2,06%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.395,94
    -928,98 (-2,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    79,43
    -4,06 (-4,86%)
     
  • OURO

    1.651,70
    -29,40 (-1,75%)
     
  • BTC-USD

    18.984,85
    +26,98 (+0,14%)
     
  • CMC Crypto 200

    434,61
    -9,92 (-2,23%)
     
  • S&P500

    3.693,23
    -64,76 (-1,72%)
     
  • DOW JONES

    29.590,41
    -486,27 (-1,62%)
     
  • FTSE

    7.018,60
    -140,92 (-1,97%)
     
  • HANG SENG

    17.933,27
    -214,68 (-1,18%)
     
  • NIKKEI

    27.153,83
    -159,30 (-0,58%)
     
  • NASDAQ

    11.388,00
    -177,50 (-1,53%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,0976
    +0,0649 (+1,29%)
     

Preço da gasolina cai mais 1,4% e já fica abaixo de R$ 5, diz ANP

***ARQUIVO*** SÃO PAULO, , 05/05/2022, BRASIL - Tabela de preços em posto na zona leste de SP com os valores com duas casas decimais, pela

nova regra, e no modelo antigo. (Foto Rivaldo Gomes/Folhapress)
***ARQUIVO*** SÃO PAULO, , 05/05/2022, BRASIL - Tabela de preços em posto na zona leste de SP com os valores com duas casas decimais, pela nova regra, e no modelo antigo. (Foto Rivaldo Gomes/Folhapress)

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - O preço médio da gasolina caiu mais 1,4% nos postos brasileiros, rompendo a barreira dos R$ 5 pela primeira vez desde julho de 2020, em valores corrigidos pelo IPCA. Segundo a ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis), o combustível saiu, em média, a R$ 4,97 por litro esta semana.

É um valor 32,7%, ou R$ 2,42, inferior ao pico de R$ 7,39 por litro verificado no fim de junho, antes dos cortes de impostos estaduais e federais aprovados pelo Congresso. A queda teve forte impacto também de reduções nos preços praticados pela Petrobras.

Foi a 12ª semana consecutiva de queda. A ANP detectou a gasolina mais barata do Brasil em Anápolis (GO), a R$ 4,17 por litro. A mais cara foi encontrada em São Paulo, a R$ 6,99 por litro. Segundo a agência 12 estados e o Distrito Federal têm hoje preço médio da gasolina abaixo de R$ 5.

Menos impactado pelos cortes de impostos, o preço do diesel caiu 0,6% esta semana, para R$ 6,84 por litro. Desde a semana em que a lei foi aprovada no Congresso, a queda acumulada é de 9,6%, ou R$ 0,73 por litro.

O preço do etanol caiu 2,8% esta semana, para R$ 3,43 por litro. O produto também foi beneficiado por cortes de impostos federais e estaduais e já pode ser encontrado abaixo de R$ 3 em quatro estados: Mato Grosso, São Paulo, Goiás e Minas Gerais

O cenário preocupa produtores de cana-de-açúcar da região Nordeste, que veem prejuízos com a pressão das usinas para comprar matéria-prima mais barata. Na segunda (12), o setor definiu uma pauta de reivindicações junto ao Ministério da Agricultura.

"O etanol caiu tanto de preço nas bombas do país, impactando as destilarias, causando, com isso, a redução significativa do valor pago pela cana do produtor rural", disse a Unida (União Nordestina dos Plantadores de Cana), em nota.

Segundo a AFCP (Associação dos Fornecedores de Cana do Estado de Pernambuco), o preço pago pela tonelada de cana no estado caiu para R$ 166, abaixo do custo de produção, R$ 181. "O canavieiro, mais de 90% de economia familiar, está pagando para plantar."

O preço do gás de cozinha ficou em R$ 113,25 por botijão de 13 quilos, segundo a ANP. É uma alta de 1,2% em relação à semana anterior, apesar de corte de 4,7% no valor de venda do produto nas refinarias da Petrobras esta semana.

A queda dos preços dos combustíveis é um dos trunfos da campanha à reeleição do presidente Jair Bolsonaro (PL), que teve a imagem desgastada pela escalada inflacionária do primeiro semestre. Para gerar fatos positivos, a Petrobras passou a anunciar cortes quase todas as semanas.

Bolsonaro tem aparecido em postos de gasolina e promete que o Brasil terá uma das gasolinas mais baratas do mundo. Na semana passada, o país estava na 34ª colocação das gasolinas mais baratas, segundo o site Global Petrol Prices. É um avanço de 15 posições em relação ao verificado um mês antes.