Mercado abrirá em 3 h 38 min
  • BOVESPA

    129.441,03
    -634,97 (-0,49%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.286,46
    +400,16 (+0,79%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,62
    +0,71 (+1,00%)
     
  • OURO

    1.860,50
    -19,10 (-1,02%)
     
  • BTC-USD

    39.634,36
    +4.055,48 (+11,40%)
     
  • CMC Crypto 200

    923,53
    -18,28 (-1,94%)
     
  • S&P500

    4.247,44
    +8,26 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.479,60
    +13,40 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.162,13
    +28,07 (+0,39%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,23 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    29.161,80
    +213,07 (+0,74%)
     
  • NASDAQ

    14.030,25
    +36,00 (+0,26%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1908
    -0,0018 (-0,03%)
     

Preço da Dogecoin: o que esperar após DOGE voltar a subir e avançar 35%

·2 minuto de leitura

A Dogecoin (DOGE) voltou a disparar, tendo uma alta de 35% nas últimas 24 horas, segundo dados do Coingecko.

Dois motivos estão atrelados à recente alta da DOGE: sua listagem na Coinbase, maior exchange de criptomoedas dos Estados Unidos, e mais um comentário de Elon Musk sobre a moeda.

Aproveitando o engajamento que a criptomoeda meme registrava na sequência da listagem, Musk utilizou novamente o seu Twitter para mencioná-la, dessa vez com um meme do cachorro Shiba Inu, símbolo do ativo.

“Encontrei essa foto minha quando era criança”.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Após esse tweet, a DOGE teve uma alta de 18% em apenas quatro horas. A última vez que a criptomoeda tinha tido uma alta tão forte havia sido nos dias 13 e 14 de maio, quando o ativo acumulou avanço acima de 50%.

No entanto, o movimento também pode ser encarado como uma simples correção de mercado, visto que a DOGE tinha caído mais de 40% desde a sua máxima histórica, de US$ 0,73 realizada no dia 8 de maio.

DOGE vai continuar a subir?

Conforme é possível ver no gráfico de 4 horas da movimentação de preço do ativo, a Dogecoin entrou em uma tendência de baixa após atingir o seu recorde de preço no inicio do mês de maio.

Agora, já é possível ver alguns indícios de que o movimento de alta pode continuar. Segundo o analista de criptomoedas Valdrin Tahiri, o preço foi guiado por uma linha de tendência de baixa (linha azul) por 16 dias e não conseguiu ultrapassá-la até o dia 25 de maio.

No entanto, a DOGE só conseguiu se desvincular dessa zona de preço nas últimas 24 horas, devido às notícias recentes envolvendo o ativo. Agora, é possível que o preço busque novas máximas, desde que supere o nível de US$ 0,43, diz o analista.

Antigos topos da Dogecoin estão em US$ 0,50 e na máxima histórica de US$ 0,73. No fechamento da matéria, a DOGE esta sendo cotada a US$ 0,41, o que geraria uma valorização de 73% caso ela consiga alcançar esses dois próximos topos.

No entanto, da mesma forma que fatores externos podem gerar uma grande alta em seu preço, noticias e comentários podem fazer a DOGE sofrer grandes quedas. Isso já ocorreu antes, inclusive com comentários de Elon Musk.

Caso isso aconteça e a moeda despenque de preço, o preço de US$ 0,28 seria um possível alvo, dado que a zona tem servido como um forte suporte do preço desde abril deste ano.

O artigo Preço da Dogecoin: o que esperar após DOGE voltar a subir e avançar 35% foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.