Mercado fechado
  • BOVESPA

    125.052,78
    -1.094,22 (-0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.268,45
    +27,95 (+0,06%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,17
    +0,10 (+0,14%)
     
  • OURO

    1.802,10
    +0,30 (+0,02%)
     
  • BTC-USD

    34.538,47
    +599,85 (+1,77%)
     
  • CMC Crypto 200

    786,33
    -7,40 (-0,93%)
     
  • S&P500

    4.411,79
    +44,31 (+1,01%)
     
  • DOW JONES

    35.061,55
    +238,15 (+0,68%)
     
  • FTSE

    7.027,58
    +59,28 (+0,85%)
     
  • HANG SENG

    27.321,98
    -401,82 (-1,45%)
     
  • NIKKEI

    27.548,00
    +159,80 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.091,25
    -6,75 (-0,04%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1222
    +0,0020 (+0,03%)
     

Preço da Cardano (ADA) mantém estrutura otimista; análise técnica

·3 minuto de leitura

A Cardano (ADA) voltou a subir após atingir o suporte de longo prazo de US$ 1,05, que atuava como resistência em dezembro de 2017.

Já o Bitcoin Cash (BCH) caiu consideravelmente desde o início de maio, mas se recuperou após tocar atingir o suporte de US$ 450. Enquanto isso, a Litecoin (LTC) está caindo em direção a uma linha de tendência de alta.

Confira a análise técnica das três criptomoedas.

ADA

A ADA está em tendência de baixa desde 16 de maio, quando atingiu sua máxima histórica de US$ 2,46. A queda foi acentuada e levou a uma mínima de US$ 0,95 três dias depois. O movimento foi precedido por uma divergência de baixa significativa no RSI.

A moeda voltou a subir imediatamente depois, validando a área de US$ 1,05 como suporte. A mesma área atuou como resistência durante o recorde histórico anterior, em dezembro de 2019.

Enquanto os indicadores técnicos estão em baixa, como evidenciado pelo sinal de reversão de baixa no MACD e na linha de baixa no oscilador estocástico, a tendência de alta permanece atuante enquanto o token estiver sendo negociado acima da área de suporte de US$ 1,05.

O par ADA/BTC não é tão baixista quanto sua paridade no dólar americano.

Embora haja um movimento de queda em curso desde 16 de maio, o token parece estar sendo negociado dentro de um triângulo simétrico, que é considerado um padrão neutro. Além disso, o padrão está vindo após um movimento de alta, portanto, um rompimento para cima seria mais provável.

Por fim, os indicadores técnicos estão dando alguns sinais de alta. O MACD deu um sinal de reversão de alta, o oscilador estocástico fez um cruzamento positivo e o RSI está se movendo acima de 50.

Destaques

  • ADA/USD voltou a subir após atingir o suporte de $ 1,05

  • ADA/BTC está sendo negociada dentro de um triângulo simétrico.

BCH

O BCH está em tendência de baixa desde que atingiu o preço recorde de US$ 1.644 em 12 de maio. A queda foi acentuada e uma mínima de US$ 378 foi feita sete dias depois.

O movimento de baixa validou a área de US$ 450 como suporte. Anteriormente, o BCH era negociado abaixo desse nível por 581 dias.

De forma semelhante a ADA, os indicadores técnicos são de baixa. No entanto, a tendência de alta permanece intacta enquanto o BCH estiver sendo negociado acima deste nível de suporte.

Ao contrário da ADA, o par BCH/BTC parece mais baixista do que o USD. Embora o token tenha subido desde a sua mínima histórica de 0,0085 satoshis em março, o movimento que se seguiu falhou em romper a área de resistência de 0,026, que anteriormente atuava como suporte.

Apesar dos indicadores técnicos serem relativamente de alta, a tendência é considerada de baixa enquanto o token estiver sendo negociado abaixo deste nível.

Destaques

  • O BCH/USD está sendo negociado acima do suporte a US$ 450.

  • O BCH/BTC está sendo negociado abaixo da área de resistência de 0,026 satoshis.

LTC

A LTC atingiu sua máxima histórica de US$ 417. No entanto, a moeda caiu imediatamente depois, e não conseguiu encontrar suporte desde então.

Ela está atualmente em processo de quebra da área de suporte de US$ 140. Os indicadores técnicos são de baixa e um rompimento pode levar a LTC à linha de tendência de alta de longo prazo, em US$ 80.

O par LTC/BTC tem seguido uma linha tendência de baixa desde abril de 2019. Mais recentemente, ele fez uma tentativa malsucedida de rompimento (ícone vermelho) em maio deste ano.

Os indicadores técnicos são relativamente neutros. Até que a moeda rompa esta linha, a tendência não pode ser considerada de alta.

Destaques

  • LTC/USD está rompento abaixo da área de suporte de US$ 140.

  • LTC / BTC está seguindo uma linha de tendência de baixa.

Para a última análise do Bitcoin (BTC) feita pelo BeInCrypto, clique aqui.

O artigo Preço da Cardano (ADA) mantém estrutura otimista; análise técnica foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos