Preço da cesta de consumo sobe 2,73% no Norte, diz Abras

A região Norte do País registrou o maior aumento no preço da cesta de consumo em novembro, de acordo com o AbrasMercado, conjunto de 35 produtos de largo consumo, analisada pela GfK a pedido da Associação Brasileira de Supermercados (Abras). No mês passado, a população dessa região pagou R$ 379,84 pela cesta, valor que representa alta de 2,73% em relação a outubro.

No Centro-Oeste houve elevação de 0,65% para R$ 319,99 e o Sul teve acréscimo de 0,51% para R$ 362,94.

A região Nordeste registrou a cesta mais barata e também a maior queda de preços. O custo do conjunto de itens básicos passou de R$ 288,97 em outubro para R$ 287,50 em novembro, redução de 0,51%. O Sudeste apontou baixa de 0,43%, para R$ 326,89 no período.

No mês passado, o AbrasMercado apresentou alta de 0,66% ante outubro. Já na comparação com novembro de 2011, o indicador aumentou de 8,05%, passando de R$ 334,64 para R$ 336,86.

Os produtos com as maiores altas no mês de novembro na comparação com outubro foram farinha de mandioca (+12,92%); queijo mussarela (+4,53%) e queijo prato (+3,50%). Entre as maiores quedas estão o tomate (-16,48%); cebola (-11,32%) e batata (-6,40%), conforme levantamento da Abras.

Carregando...