Mercado fechado
  • BOVESPA

    106.296,18
    -1.438,83 (-1,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.889,66
    -130,39 (-0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,98
    +1,48 (+1,79%)
     
  • OURO

    1.793,10
    +11,20 (+0,63%)
     
  • BTC-USD

    61.450,32
    +837,59 (+1,38%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.453,34
    -49,69 (-3,31%)
     
  • S&P500

    4.544,90
    -4,88 (-0,11%)
     
  • DOW JONES

    35.677,02
    +73,94 (+0,21%)
     
  • FTSE

    7.204,55
    +14,25 (+0,20%)
     
  • HANG SENG

    26.126,93
    +109,40 (+0,42%)
     
  • NIKKEI

    28.804,85
    +96,27 (+0,34%)
     
  • NASDAQ

    15.324,00
    -154,75 (-1,00%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5808
    -0,0002 (-0,00%)
     

Prazo da prova de vida acaba no próximo dia 30; confira como fazer o recadastramento

·2 minuto de leitura

Aposentados e pensionistas do Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro (TRT-RJ), e demais autarquias, têm até 30 de setembro para fazer o recadastramento anual. O procedimento, no caso do TRT, pode ser feito via postal ou pela internet.

No caso dos aposentados, será preciso acessar o sistema Ergon on-line usando código funcional e senha para conferir os dados cadastrados. Já os pensionistas farão o recadastramento pelo Balcão Virtual, por meio de videoconferência em dia e horário previamente agendados.

Os que desejarem realizar o procedimento via postal deverão imprimir o formulário no sistema Ergon on-line, preenchê-lo e reconhecer firma em cartório. Depois, será preciso enviar a documentação, preferencialmente por Sedex, para a Seção de Atendimento a Magistrados e Servidores (Semase): Avenida Presidente Antônio Carlos 251, 3º andar, Centro, Rio de Janeiro - RJ, 20.020-010.

Os demais aposentados e pensionistas e anistiados polítiicos civis da União também têm até 30 de setembro para realizar a prova de vida referente ao ano de 2020 e ao período de janeiro a junho de 2021.

Para provar que está vivo, o beneficiário pode fazer a prova de vida digital, caso tenha a biometria cadastrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ou no Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), ou comparecer ao banco onde recebe o pagamento. Neste caso é necessário levar documento de identificação com foto.

Para a prova de vida digital, o beneficiário precisa ter instalado no celular os aplicativos SouGov.br e gov.br. Quem tem o app Meu gov.br instalado, precisa atualizar a versão na loja de aplicativos do celular para a realização da prova de vida digital com sua identificação na conta gov.br.

O procedimento será iniciado pelo SouGov.br e, em seguida, deverá ser realizada a validação facial no aplicativo gov.br. Na nova versão, o serviço “Prova de Vida” vai te auxiliar no passo a passo das etapas seguintes, todas serão indicadas na tela do celular.

Independente do canal em que foi realizada da comprovação de vida, o beneficiário pode acompanhar a situação no aplicativo ou versão web do gov.br. Além disso, pode obter o comprovante e receber notificações para lembrar o prazo para realização do recadastramento.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos