Mercado fechado
  • BOVESPA

    120.294,68
    +997,55 (+0,84%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.329,84
    +826,13 (+1,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,02
    -0,13 (-0,21%)
     
  • OURO

    1.736,70
    +0,40 (+0,02%)
     
  • BTC-USD

    63.048,12
    -470,96 (-0,74%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.370,34
    -5,44 (-0,40%)
     
  • S&P500

    4.124,66
    -16,93 (-0,41%)
     
  • DOW JONES

    33.730,89
    +53,62 (+0,16%)
     
  • FTSE

    6.939,58
    +49,09 (+0,71%)
     
  • HANG SENG

    28.625,47
    -275,36 (-0,95%)
     
  • NIKKEI

    29.657,66
    +36,67 (+0,12%)
     
  • NASDAQ

    13.804,25
    +5,50 (+0,04%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7743
    +0,0014 (+0,02%)
     

Próxima nave russa Soyuz que irá à ISS receberá novo nome em homenagem a Gagarin

Wyllian Torres
·2 minuto de leitura

No próximo dia 12 de abril, completam-se 60 desde que o primeiro ser humano a ser humano viajou para o espaço. A bordo da espaçonave Vostok 1, o cosmonauta Yuri Gagarin realizou o voo histórico que durou cerca de 48 minutos. Agora a Agência Espacial Russa (Roscosmos) nomeia sua próxima nave espacial Soyuz que viajará à Estação Espacial Internacional (ISS) em homenagem a Gagarin, batizada como Yu.A Gagarin.

O próximo voo da nave russa ocorrerá no dia 9 deste mês, três dias antes do aniversário de 60 anos do primeiro passeio espacial humano. Envolvidos nesta missão com destino à ISS, temos os cosmonautas Oleg Novitsky e Pyotr Dubrov, da Roscosmos, e o astronauta Mark Vande Hei, da NASA, que embarcaram na espaçonave russa Soyuz MS- 18. Esta não é a primeira vez em que Gagarin é homenageado pela agência: em 5 de abril de 2011, no aniversário de 50 anos do primeiro voo, ocorreu o lançamento de uma Soyuz com o nome do cosmonauta.

Espaçonave russa Soyuz MS-18, nomeada como Yu.A. Gagarin (Imagem: Reprodução/RSC Energia)
Espaçonave russa Soyuz MS-18, nomeada como Yu.A. Gagarin (Imagem: Reprodução/RSC Energia)

Em declaração oficial no site da agência russa, a Roscosmos explicou que, de acordo com a tradição estabelecida, a missão espacial mais próxima à data da primeira ida de um cosmonauta ao espaço é dedicada a Yuri Alekseyevich Gagarin — seu nome já faz parte do isolador térmico no exterior do módulo orbital da nave. Neste próximo voo, os símbolos oficiais da comemoração dos 60 anos serão colocados também no cone (ou “nariz”) do veículo lançador.

O lançamento marcará a Expedição 65, a qual dará continuidade aos mais de 20 anos de trabalho humano contínuo no laboratório orbital. “Aquele primeiro voo foi feito por uma pessoa, não por muito tempo, foi um esforço do qual um país poderia se orgulhar. Agora nossos voos espaciais estão em órbita há quase um ano e temos feito isso como um esforço internacional”, disse o astronauta Hei. Para ele, a humanidade deixa de realizar missões de forma independente por cada país e passa a realizar trabalhos cooperativos entre nações.

Logotipo comemorativo dos 60 anos de voo espacial (Imagem: Reprodução/Roscosmos)
Logotipo comemorativo dos 60 anos de voo espacial (Imagem: Reprodução/Roscosmos)

O foguete responsável por colocar a nave no espaço também será todo decorado em comemoração ao 60º aniversário do voo de Gagarin, com o logotipo do evento. Uma arte em azul e branco, retratando Gagarin com seu traje espacial acompanhado de sua assinatura, que diz: “60º aniversário do primeiro voo humano ao espaço, 1961-2021”.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: