Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.880,82
    +1.174,91 (+0,97%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.219,26
    +389,95 (+0,80%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,51
    +1,69 (+2,65%)
     
  • OURO

    1.844,00
    +20,00 (+1,10%)
     
  • BTC-USD

    48.199,33
    -2.464,06 (-4,86%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.398,33
    +39,77 (+2,93%)
     
  • S&P500

    4.173,85
    +61,35 (+1,49%)
     
  • DOW JONES

    34.382,13
    +360,68 (+1,06%)
     
  • FTSE

    7.043,61
    +80,28 (+1,15%)
     
  • HANG SENG

    28.027,57
    +308,90 (+1,11%)
     
  • NIKKEI

    28.084,47
    +636,46 (+2,32%)
     
  • NASDAQ

    13.398,00
    +297,75 (+2,27%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4040
    -0,0085 (-0,13%)
     

Príncipe Charles homenageia “meu querido papai” por seus serviços tão devotos

·1 minuto de leitura

LONDRES (Reuters) - O príncipe Charles homenageou neste sábado o “meu querido papai” pelos seus serviços devotos à rainha Elizabeth, à família real, ao Reino Unido e à Commonwealth, expressando gratidão e elogios tão comoventes ao seu pai.

“Meu pai, pelos últimos 70 anos, prestou o mais notável e devoto serviço à rainha, à minha família, ao país e também a toda a Commonwealth”, afirmou Charles, usando uma grava preta em luto, a repórteres.

“Meu querido papai foi uma pessoa muito especial que, acima de tudo, teria ficado atônito com as reações e as coisas comoventes que foram ditas sobre ele e, por esse ponto de vista, nós, da minha família, somos muito gratos por tudo isso”, disse Charles.

“Isso irá nos sustentar nesta perda em particular e neste momento especialmente triste”, disse.

“Como você pode imaginar, minha família e eu sentimos muita falta de nosso pai. Ele era uma pessoa muito amada e apreciada e, além de tudo, imagino que ficaria muito emocionado pela quantidade de pessoas, aqui e em outros lugares ao redor do mundo e na Commonwealth, que, também acho, compartilham a nossa perda e nossa dor”, disse Charles.

(Reportagem de Guy Faulconbridge)