Mercado fechado

Príncipe Charles diz que não será intrometido quando for rei

Por Alistair Smout e Michael Holden
Príncipe Charles em Abuja 8/11/2018 Pius Utomi Ekpei/Pool via REUTERS

Por Alistair Smout e Michael Holden

LONDRES (Reuters) - O príncipe britânico Charles disse que não se intrometerá mais em assuntos que o sensibilizam quando se tornar rei, dizendo que "não sou tão idiota".

O herdeiro do trono britânico se pronunciou muitas vezes a respeito de questões que vão da mudança climática e da arquitetura à medicina alternativa, e críticos alertaram que, se continuasse assim como soberano, colocaria a monarquia em risco.

    Manifestando-se antes de seu 70o aniversário, na semana que vem, o filho mais velho da rainha Elizabeth, de 92 anos, disse que o papel de monarca é completamente diferente de sua posição como príncipe de Gales.

    "A ideia de que, de alguma forma, continuarei exatamente da mesma maneira, se tiver que suceder, é um completo disparate porque as duas – as duas situações – são completamente diferentes", disse ele à BBC.

    Indagado se continuaria com seus pronunciamentos públicos, ele respondeu: "Não. Não sou tão idiota".

    Segundo a Constituição implícita do Reino Unido, o monarca tem obrigação de se manter neutro em questões políticas, mesmo não tendo nenhum poder político na prática. Durante seus 66 anos no trono, o reinado mais longo da história britânica, Elizabeth jamais externou suas opiniões pessoais.