Prêmios de seguros avançam 21% em 2012, diz Siscorp

A indústria de seguros, incluindo os segmentos de seguros gerais, pessoas, previdência e capitalização, encerrou 2012 com R$ 157 bilhões em prêmios, montante 21% superior ao registrado no ano anterior, segundo dados da Siscorp, consultoria especializada neste setor. O maior crescimento do segmento foi visto nos produtos para pessoas, que incluem seguros de vida e planos de previdência (VGBL e PGBL). Juntas, essas proteções totalizaram R$ 92 bilhões, alcançando expansão de 27% no ano passado frente ao exercício anterior e com a liderança do mercado.

"O crescimento dos produtos para pessoas tem a ver com maiores vendas pelo canal banco e a estratégia bancária de aumentar o foco na comercialização de seguros como alternativa para minimizar os efeitos das reduções das taxas de juros", avalia Flávio Faggion Júnior, diretor presidente da Siscorp.

Os produtos de capitalização arrecadaram R$ 16,6 bilhões em prêmios, aumento de 18%. Os seguros gerais totalizaram R$ 47,9 bilhões, alta de 13%. Nesta modalidade, o destaque foi o seguro de automóvel, cujos prêmios totalizaram R$ 24,7 bilhões, expansão de 16% em 2012. Proteções para residência e de condomínio também avançaram 16% no ano passado ante 2011, para R$ 1,9 bilhão.

O lucro líquido das companhias de seguros, previdência e capitalização foi de R$ 12,1 bilhões no ano passado, cifra 4% maior que a registrada em 2011, de R$ 11,6 bilhões. "Mesmo com a redução das taxas de aplicações no mercado financeiro, as operadoras mantiveram em 2012 a participação histórica do resultado financeiro e patrimonial na formação do lucro", atenta Faggion.

Segundo ele, esta manutenção é explicada pelo aperfeiçoamento da administração do fluxo de caixa e da reconfiguração da estratégia de aplicações financeiras de muitas empresas, mas também o aumento do volume das aplicações resultante do crescimento das provisões técnicas. Elas atingiram saldo de R$ 403,3 bilhões, avanço de 23% sobre 2011.

Para 2013, a Siscorp almeja crescimento de 15% do mercado de seguros, para um total de quase R$ 180 bilhões em prêmios, incluindo previdência e capitalização. Sem esses dois segmentos, o volume cai para R$ 148,299 bilhões, com um crescimento estimado de 15% para este ano ante 2012.

Resseguro

O volume de resseguro (seguro das seguradoras) destinado pelas companhias de seguros em 2012, segundo a Siscorp, atingiu R$ 5,7 bilhões, montante estável ao valor cedido no exercício anterior, embora o volume dos prêmios emitidos resseguráveis (R$ 66,2 bilhões) tenha crescido 14% sobre o ano anterior. As resseguradoras locais, que têm reserva de mercado de 40% do volume de resseguro do mercado brasileiro, arrecadaram R$ 3,9 bilhões em 2012 (dezembro estimado), crescimento de 21%.

Carregando...