Mercado fechará em 5 h 50 min
  • BOVESPA

    118.244,84
    +1.047,02 (+0,89%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.953,39
    +107,56 (+0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    88,06
    +0,30 (+0,34%)
     
  • OURO

    1.721,80
    +1,00 (+0,06%)
     
  • BTC-USD

    20.041,22
    +167,66 (+0,84%)
     
  • CMC Crypto 200

    456,86
    -6,27 (-1,35%)
     
  • S&P500

    3.758,23
    -25,05 (-0,66%)
     
  • DOW JONES

    30.065,37
    -208,50 (-0,69%)
     
  • FTSE

    6.993,18
    -59,44 (-0,84%)
     
  • HANG SENG

    18.012,15
    -75,82 (-0,42%)
     
  • NIKKEI

    27.311,30
    +190,77 (+0,70%)
     
  • NASDAQ

    11.630,00
    +6,25 (+0,05%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1211
    -0,0468 (-0,91%)
     

Powell, do Fed, diz que pouso suave é "muito desafiador"

Chair do Fed, Jerome Powell, durante coletiva de imprensa, em Washington, EUA

(Reuters) - O chair do Federal Reserve, Jerome Powell, disse nesta quarta-feira que as perspectivas para uma chamada "aterrissagem suave" para a economia provavelmente diminuirão se as autoridades do banco central dos Estados Unidos acharem que a política monetária precisa ser ainda mais restritiva ou restritiva por mais tempo.

Powell, em uma coletiva de imprensa depois que o Fed elevou sua taxa de referência em 0,75 ponto percentual pela terceira reunião consecutiva, afirmou que alcançar um pouso suave é "muito desafiador" e que as autoridades não têm certeza se o processo de aperto da política monetária levará a uma recessão ou o quão profunda pode ser uma eventual contração.

(Por Dan Burns)