Mercado abrirá em 1 h 58 min

Powell diz que não há razão para que crescimento dos EUA não possa continuar

Por Lindsay Dunsmuir

Por Lindsay Dunsmuir

WASHINGTON (Reuters) - O chairman do Federal Reserve, Jerome Powell, disse nesta quinta-feira que o risco de a economia dos Estados Unidos enfrentar uma dramática queda é remoto, em parte porque a expansão recorde da economia do país é notável por não ter bolsões de atividade superaquecida.

Ao falar a parlamentares dos EUA, Powell reiterou sua opinião de que a atual expansão parece continuar sustentável, com poucas indicações de uma queda iminente, apesar dos riscos da guerra comercial EUA-China, de uma desaceleração no investimento empresarial e da fraqueza no exterior.

"A economia dos EUA é a economia estrela atualmente", disse Powell ao Comitê de Orçamento da Câmara dos Estados Unidos. "Estamos crescendo a 2%, exatamente nessa faixa, mais do que qualquer outra economia avançada. Não há razão para que isso não possa continuar."

(Reportagem adicional de Jonnelle Marte)