Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.038,11
    +2.117,11 (+1,77%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.249,02
    +314,12 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,82
    -0,08 (-0,12%)
     
  • OURO

    1.832,00
    +0,70 (+0,04%)
     
  • BTC-USD

    58.077,69
    -930,02 (-1,58%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.480,07
    +44,29 (+3,08%)
     
  • S&P500

    4.232,60
    +30,98 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    34.777,76
    +229,26 (+0,66%)
     
  • FTSE

    7.129,71
    +53,54 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    28.610,65
    -26,85 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    29.357,82
    +26,42 (+0,09%)
     
  • NASDAQ

    13.715,50
    +5,75 (+0,04%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3666
    0,0000 (0,00%)
     

Powell diz que Fed mira emprego e inflação antes de subir juros

Catarina Saraiva
·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- O presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, disse que as autoridades de política monetária vão esperar até que a inflação alcance 2% de forma sustentável e a recuperação do mercado de trabalho esteja completa antes de considerar o aumento dos juros.

É improvável que a combinação aconteça antes do final de 2022, disse.

“A maioria dos membros do comitê não previa aumento das taxas de juros até 2024, mas isso não é uma previsão do comitê, não é algo que votamos ou agimos como um grupo - é realmente apenas nossa avaliação”, disse Powell na quarta-feira em evento virtual organizado pelo Clube Econômico de Washington. “Os mercados se concentram muito no que chamamos de previsões econômicas, e eu me concentraria mais nos resultados que descrevemos.”

Powell disse que os EUA estão entrando em um período de crescimento mais rápido e criação de empregos, e que o principal risco é outro aumento dos casos de Covid-19 devido a cepas do coronavírus que podem ser mais difíceis de tratar.

Dados econômicos

O presidente do Fed disse que seria sensato continuar usando máscaras e manter o distanciamento social “pelo menos por mais algum tempo”.

Powell e autoridades do Fed prometeram ser pacientes e manter o forte apoio à política monetária, mesmo com a aceleração da recuperação econômica. Essa visão dovish, ou inclinada ao afrouxamento da política monetária, ajudou a impulsionar as ações dos EUA a novos recordes. Dados recentes também mostram um quadro mais positivo, à medida que as vacinações se aceleram e a economia reabre. O setor privado abriu 916 mil vagas em março.

O Fed elevou significativamente as previsões de crescimento e emprego na reunião do banco central no mês passado, mas manteve as taxas de juros perto de zero e sinalizou que permanecerão nesse nível ao longo de 2023. A estimativa mediana mostra a economia com expansão de 6,5% este ano e a taxa de desemprego caindo para 4,5% no final de 2021.

A ata da reunião do banco central em março, divulgada em 7 de abril, sinalizou que o Fed acredita que levará “certo tempo até que um progresso substancial” seja alcançado em termos de emprego e inflação. Isso se refere aos testes estabelecidos para reduzir as compras de títulos de US$ 120 bilhões por mês.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.