Mercado fechado
  • BOVESPA

    107.005,22
    +758,07 (+0,71%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.289,91
    +895,88 (+1,78%)
     
  • PETROLEO CRU

    111,55
    -0,66 (-0,59%)
     
  • OURO

    1.840,40
    -0,80 (-0,04%)
     
  • BTC-USD

    30.162,22
    +1.234,27 (+4,27%)
     
  • CMC Crypto 200

    670,97
    +18,74 (+2,87%)
     
  • S&P500

    3.900,79
    -22,89 (-0,58%)
     
  • DOW JONES

    31.253,13
    -236,94 (-0,75%)
     
  • FTSE

    7.302,74
    -135,35 (-1,82%)
     
  • HANG SENG

    20.120,68
    -523,60 (-2,54%)
     
  • NIKKEI

    26.507,13
    +104,29 (+0,39%)
     
  • NASDAQ

    11.955,25
    +77,00 (+0,65%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1719
    -0,0469 (-0,90%)
     

Powell diz que Fed corrigirá inflação e vê estabilidade de preços como "alicerce" da economia

Pessoa empurra carrinho de compras em supermercado em Manhattan, Nova York

Por Howard Schneider e Ann Saphir

WASHINGTON (Reuters) - Chamando a estabilidade de preços ​​de "alicerce" da economia, o chefe do banco central dos Estados Unidos, Jerome Powell, disse que a batalha do Federal Reserve para controlar a inflação "incluirá alguma dor" à medida que o impacto dos juros mais altos for sentido, mas que o pior resultado seria se os preços continuassem a acelerar.

"Entendemos e reconhecemos completamente o quanto a inflação é dolorosa", disse Powell em entrevista ao programa de rádio Marketplace. Ele repetiu sua expectativa de que o Fed aumentará a taxa de juros em 0,50 ponto porcentual em cada uma de suas próximas duas reuniões, mas prometeu que se os dados mudarem para o lado errado "estamos preparados para fazer mais".

"Nada na economia funciona, a economia não funciona para ninguém sem estabilidade de preços", disse Powell. "Passamos por períodos em nossa história em que a inflação foi bastante alta... O processo de baixar a inflação para 2% também incluirá alguma dor, mas no fim das contas a coisa mais dolorosa seria se não lidássemos com isso e a inflação se enraizasse na economia em níveis elevados, e nós sabemos como é isso. E isso é apenas as pessoas perdendo o valor de seus salários."

As taxas de juros estão subindo de forma acentuada como resultado das medidas de política monetária projetadas por Powell.

Embora nem a inflação nem os custos de empréstimos se aproximem dos níveis da era do ex-chair do Fed Paul Volcker, nos anos 1970 e 1980, o rápido aumento no custo de alimentos, gás, moradia e outros itens básicos do dia a dia tornou-se uma questão politicamente explosiva para o governo do presidente Joe Biden. Os preços ao consumidor em abril subiram 8,3% frente a um ano atrás.

"Combater a inflação é minha principal prioridade doméstica", disse Biden após a confirmação de Powell, nesta quinta-feira, para um segundo mandato de quatro anos como chefe do banco central. O Fed "trará a habilidade e o conhecimento necessários neste momento crítico para nossa economia e famílias em todo o país", afirmou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos