Mercado abrirá em 9 h 16 min
  • BOVESPA

    102.224,26
    -3.586,74 (-3,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.492,52
    -1.132,48 (-2,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,75
    +3,60 (+5,28%)
     
  • OURO

    1.793,10
    +7,60 (+0,43%)
     
  • BTC-USD

    57.488,80
    +3.682,43 (+6,84%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.434,52
    -20,89 (-1,44%)
     
  • S&P500

    4.594,62
    -106,84 (-2,27%)
     
  • DOW JONES

    34.899,34
    -905,06 (-2,53%)
     
  • FTSE

    7.044,03
    -266,34 (-3,64%)
     
  • HANG SENG

    23.939,39
    -141,13 (-0,59%)
     
  • NIKKEI

    28.744,40
    -7,22 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    16.240,25
    +189,25 (+1,18%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2983
    -0,0502 (-0,79%)
     

Porto de Los Angeles trava e Natal americano pode ter atrasos

·1 min de leitura
Facilitar o acúmulo de pedidos é crucial durante os últimos meses do ano, porque os itens de varejo estão em alta demanda quando as compras de fim de ano começam a despontar. (REUTERS/Lucy Nicholson)
  • Quase 200 mil contêineres estão parados em Los Angeles e travam cadeia de entrega

  • Segundo gerente do porto, trabalho está com atraso de duas semanas

  • Peças automotivas estão com prioridade nas entregas em solo americano

Aproximadamente 200.000 contêineres continuam engarrafados na costa de Los Angeles na segunda-feira (18), enquanto interrupções relacionadas à pandemia continuam afetando várias cadeias de abastecimento, de acordo com Gene Seroka, o diretor executivo do Porto de Los Angeles.

Leia também:

"Temos cerca de duas semanas de trabalho ancorado agora", disse Seroka em entrevista para a CNN. "A questão agora é como vamos segmentar essa carga."

Facilitar a dispersão do acúmulo de pedidos é crucial durante os últimos meses do ano, porque os itens de varejo estão em alta demanda quando as compras de fim de ano começam a despontar. As peças automotivas também estão sendo priorizadas porque os fabricantes de automóveis dos Estados Unidos e muitos fornecedores no meio-oeste estão aguardando os componentes para que possam construir seus produtos.

Problemas nos portos devem atrasar entregas até 2022

Cinco dias atrás, o presidente Biden anunciou que o porto de Los Angeles passaria a operar 24 horas por dia, 7 dias por semana. Embora isso tenha aliviado parte do congestionamento nos portos, Seroka disse que as autoridades não esperam ver o mercado de importação se fortalecer até fevereiro de 2022.

"Compramos mais do que nunca, pois os consumidores americanos e os varejistas realmente tentam dar o melhor de si para atender à demanda", disse Seroka. "O segundo trimestre do próximo ano será focado na reposição desse estoque."

Em todo o mundo, os portos estão congestionados como resultado da rápida recuperação da demanda por commodities e bens, uma vez que grande parte da economia global se recuperou da pandemia. Os custos de envio dispararam e as empresas que desejam movimentar mercadorias estão enfrentando dificuldades porque simplesmente não há navios ou contêineres suficientes disponíveis. Ao mesmo tempo, os preços estão subindo para os consumidores.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos