Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.487,88
    +1.482,66 (+1,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.518,30
    +228,39 (+0,45%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,35
    +0,46 (+0,42%)
     
  • OURO

    1.845,10
    +3,90 (+0,21%)
     
  • BTC-USD

    29.311,74
    +93,66 (+0,32%)
     
  • CMC Crypto 200

    650,34
    -23,03 (-3,42%)
     
  • S&P500

    3.901,36
    +0,57 (+0,01%)
     
  • DOW JONES

    31.261,90
    +8,77 (+0,03%)
     
  • FTSE

    7.389,98
    +87,24 (+1,19%)
     
  • HANG SENG

    20.717,24
    +596,56 (+2,96%)
     
  • NIKKEI

    26.739,03
    +336,19 (+1,27%)
     
  • NASDAQ

    11.838,00
    -40,25 (-0,34%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1528
    -0,0660 (-1,26%)
     

Portabilidade da Starlink já está disponível no Brasil

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Os usuários da internet Starlink no Brasil já podem usar a portabilidade do serviço. A novidade foi anunciada como um “recurso complementar” pela SpaceX nesta semana, e permite que os clientes movam temporariamente suas antenas para outros lugares na área de cobertura proporcionada pelos satélites.

Hoje, a rede está disponível em cidades de São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Rio de Janeiro e Minas Gerais, com regiões na lista de espera destes dois últimos estados.

Mapa da disponibilidade da rede Starlink no Brasil; as áreas mais claras já têm o serviço disponível, e as mais escuras estão na lista de espera (Imagem: Captura de tela/Starlink)
Mapa da disponibilidade da rede Starlink no Brasil; as áreas mais claras já têm o serviço disponível, e as mais escuras estão na lista de espera (Imagem: Captura de tela/Starlink)

Com valor mensal de R$ 125, a portabilidade pode ser solicitada na página da conta do cliente e, segundo a Starlink, é ativada imediatamente. Entretanto, a empresa destaca que os usuários que utilizarem o recurso terão prioridade menor na rede, e poderão notar um desempenho menor.

Esta diferença ocorre porque a Starlink prioriza os usuários que estão usando a conexão em seus endereços de serviço cadastrados. Além disso, a empresa destaca também que, no momento, não há suporte para uso da rede em movimento. Por isso, os usuários que tentarem usá-la em veículos vão acabar perdendo a garantia ilimitada do kit de hardware com antena, roteador, fontes de energia e cabos.

A internet Starlink no Brasil

Foi em janeiro deste ano que a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) aprovou a operação da internet Starlink, da SpaceX, no Brasil. Hoje, os interessados em contratar o serviço podem solicitá-lo no site da empresa. Se você estiver em uma região sem cobertura da rede, será necessário se inscrever no site para receber uma notificação de quando o serviço estiver disponível.

Fatura da internet Starlink, assinada pelo Canaltech (Imagem: Canaltech)
Fatura da internet Starlink, assinada pelo Canaltech (Imagem: Canaltech)

Após preencher o campo com seu endereço, você será direcionado para uma tela com os custos da solicitação do serviço: hoje, o kit de hardware custa R$ 3.000,00, o frete sai por R$ 365 e a assinatura mensal é de R$ 530. O Canaltech assinou a internet Starlink em março, e chegou ao valor total de R$ 744,60, que inclui a mensalidade e encargos tributários. Vale lembrar que a taxa de R$ 125, da portabilidade, é cobrada mensalmente além deste total.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos