Mercado abrirá em 13 mins
  • BOVESPA

    100.552,44
    +12,61 (+0,01%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    38.669,25
    +467,44 (+1,22%)
     
  • PETROLEO CRU

    40,40
    +0,37 (+0,92%)
     
  • OURO

    1.916,10
    -13,40 (-0,69%)
     
  • BTC-USD

    12.957,27
    +1.900,26 (+17,19%)
     
  • CMC Crypto 200

    260,96
    +16,07 (+6,56%)
     
  • S&P500

    3.435,56
    -7,56 (-0,22%)
     
  • DOW JONES

    28.210,82
    -97,97 (-0,35%)
     
  • FTSE

    5.780,29
    +3,79 (+0,07%)
     
  • HANG SENG

    24.786,13
    +31,71 (+0,13%)
     
  • NIKKEI

    23.474,27
    -165,19 (-0,70%)
     
  • NASDAQ

    11.669,50
    -21,75 (-0,19%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6413
    -0,0087 (-0,13%)
     

Porta está "entreaberta" para negociações sobre Brexit se UE mostrar seriedade, diz ministro britânico

·1 minuto de leitura

LONDRES (Reuters) - A porta ainda está entreaberta para que Reino Unido e União Europeia (UE) cheguem a um acordo comercial pós-Brexit, mas o bloco precisa mudar sua abordagem e mostrar seriedade antes que as negociações possam ser retomadas nesta semana, disse o ministro sênior britânico Michael Gove.

O bloco desperdiçou parte do progresso feito nas negociações porque não estava disposto a intensificar as tratativas ou produzir textos legais detalhados, disse Gove.

"Esperamos que a UE mude sua posição", disse Gove a Andrew Marr, da BBC, neste domingo.

As últimas negociações foram interrompidas na quinta-feira, quando a UE disse que britânicos precisavam fazer concessões.

O primeiro-ministro britânico Boris Johnson respondeu na sexta-feira, dizendo a Bruxelas que não havia sentido em continuar a negociações a menos que a UE mudasse fundamentalmente o curso e pedindo aos empresários para se prepararem para cenário de nenhum acordo.

Líderes europeus, no entanto, encarregaram o negociador Michel Barnier para continuar com as conversas.

O presidente francês, Emmanuel Macron, disse na sexta-feira que não havia divisões no bloco. "Estamos prontos para um acordo, mas não a qualquer preço", afirmou.

Questões ainda a serem resolvidas incluem regras de concorrência justa, resolução de disputas e pesca.

(Por Kanishka Singh e Paul Sandle)