Mercado abrirá em 8 h 26 min
  • BOVESPA

    113.812,87
    +105,11 (+0,09%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.729,80
    -4,24 (-0,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    90,17
    -0,33 (-0,36%)
     
  • OURO

    1.766,10
    -5,10 (-0,29%)
     
  • BTC-USD

    22.820,46
    -588,36 (-2,51%)
     
  • CMC Crypto 200

    542,65
    -15,08 (-2,70%)
     
  • S&P500

    4.283,74
    +9,70 (+0,23%)
     
  • DOW JONES

    33.999,04
    +18,72 (+0,06%)
     
  • FTSE

    7.541,85
    +26,10 (+0,35%)
     
  • HANG SENG

    19.852,92
    +89,01 (+0,45%)
     
  • NIKKEI

    28.927,33
    -14,81 (-0,05%)
     
  • NASDAQ

    13.502,75
    -20,50 (-0,15%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2115
    -0,0023 (-0,04%)
     

Porsche aposta: carros elétricos darão mais lucro que os a combustão

A Porsche está realmente disposta a apostar alto no segmento de carros elétricos, e mostrou isso ao lançar no mercado o Taycan, campeão em vendas no Brasil no 1º semestre de 2021. A confiança no futuro deste mercado é enorme, a ponto de levar Lutz Meschke, diretor-financeiro da marca, a fazer uma projeção ousada durante evento sobre o mercado de capitais.

Segundo o executivo da montadora alemã, as margens de lucro dos carros elétricos atingirão a paridade com as de veículos a combustão dentro dos próximos dois anos, tornando-se superiores um pouco mais à frente. A ideia é que 8 em cada 10 carros da marca vendidos até o final da década sejam eletrificados e que 50% do mercado de carros de luxo façam parte desta linha até 2030.

Porsche aposta que carros elétricos, como o Taycan, logo darão mais lucro do que os a combustão (Imagem: Paulo Amaral/Canaltech)
Porsche aposta que carros elétricos, como o Taycan, logo darão mais lucro do que os a combustão (Imagem: Paulo Amaral/Canaltech)

Oliver Blume, CEO da Porsche, concordou: “Nossa meta é expandir seletivamente segmentos de margens mais altas e aproveitar as oportunidades de preços de veículos elétricos”, avisou o principal executivo da marca de superesportivos, ciente de que o Taycan vendeu mais do que o icônico 911 (a combustão) em 2021, e que isso mostra uma tendência de mercado.

IPO à vista

A convergência da Porsche para um segmento focado em carros elétricos também tem como pano de fundo a ideia da fabricante alemã de abrir capital, realizando sua IPO (oferta inicial de ações) em um futuro próximo, mas ainda sem data definida.

Entre os demais planos da marca estão o lançamento de uma versão elétrica do Macan, que seria o segundo SUV com esse propulsor colocado no mercado, e de um novo SUV de luxo, também 100% elétrico, para se posicionar acima do Cayenne E-Hybrid.

A Porsche, no momento, leva vantagem sobre seus principais concorrentes, Ferrari e Aston Martin, quando o assunto é eletrificação de seus carros. Segundo Oliver Blume, a marca alemã vendeu 27 vezes mais carros do que a do Cavalo Rampante em 2021, e a ideia é fechar 2022 com uma margem ainda mais expressiva em cima da rival italiana.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos