Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.764,26
    +3.046,32 (+2,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.853,37
    +392,82 (+0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    91,88
    -2,46 (-2,61%)
     
  • OURO

    1.818,90
    +11,70 (+0,65%)
     
  • BTC-USD

    24.499,54
    +654,61 (+2,75%)
     
  • CMC Crypto 200

    574,64
    +3,36 (+0,59%)
     
  • S&P500

    4.280,15
    +72,88 (+1,73%)
     
  • DOW JONES

    33.761,05
    +424,38 (+1,27%)
     
  • FTSE

    7.500,89
    +34,98 (+0,47%)
     
  • HANG SENG

    20.175,62
    +93,19 (+0,46%)
     
  • NIKKEI

    28.546,98
    +727,65 (+2,62%)
     
  • NASDAQ

    13.580,00
    +268,75 (+2,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2024
    -0,1213 (-2,28%)
     

Por vaga direta na Libertadores, Fluminense precisa superar o próprio aproveitamento fora de casa

·2 min de leitura
Fluminense enfrenta o Bahia, no domingo, às 16h, pela 37ª rodada do Brasileirão (Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC)


Com apenas três rodadas pela frente, o Fluminense se prepara para enfrentar Atlético-MG e Bahia, fora de casa, nos próximos dois jogos. Após conquistar 15 pontos nos últimos cinco duelos no Maracanã, o time precisa ter um resultado que só obteve em três momentos da temporada: vencer mais de dois jogos consecutivos sem o mando de campo.

Embora o aproveitamento do Flu no Maracanã seja favorável, a situação fora de casa é a inversa. Em 7 duelos, o time venceu apenas quatro, com 31.3% de aproveitamento. Os dados são do Departamento de Matemática da UFMG. Na sequência do Campeonato Brasileiro, o clube ainda não conseguiu emplacar mais de duas vitórias consecutivas como visitante. Contudo, considerando partidas de diferentes competições, o episódio ocorreu somente três vezes.

A primeira sequência favorável do Fluminense aconteceu no Campeonato Carioca, quando o time venceu o Flamengo, Bangu e Boavista, da terceira à quinta rodada. Depois, triunfou sobre o Macaé, pelo estadual, e Santa Fe, pela fase de grupos da Libertadores. O feito só voltou a se repetir em julho, quando ganhou do Sport, pelo Brasileiro, e Cerro Porteño, pelas oitavas de final do torneio continental.

Desacostumado à uma campanha regular, o Fluminense tem pela frente dois desafios contra adversários determinados. Em caso de vitória em casa, o Galo pode confirmar o título do Brasileiro, enquanto o Bahia luta para não entrar na zona de rebaixamento. O último confronto ocorre contra a Chapecoense, lanterna do campeonato, no Maracanã.

> Confira a classificação do Brasileiro

Assim, o grupo tem a missão de superar a própria marca de sétimo pior visitante do Brasileiro. Somente desta forma o Fluminense tem condição de alcançar o objetivo principal da temporada: a classificação direta para a Libertadores, grande motivador do time nesta reta final de campeonato. Caso consiga os três pontos no Mineirão, neste domingo, o Tricolor pode encerrar a semana na tranquilidade do G4.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos