Mercado fechado

Por que toda empresa deveria contratar empreendedores

Thiago Cid
·2 minuto de leitura

A história provou repetidamente que as empresas devem ser capazes de inovar e mudar rapidamente para estarem alinhadas com as expectativas dos seus consumidores e o mercado que muda numa velocidade incrível. Mas para que consigam fazer isso, elas precisam saber utilizar com maestria o poder criativo de seus colaboradores.

Por esse e outros motivos, a necessidade do empreendedorismo corporativo é óbvia, ainda mais em um momento onde as circunstâncias ameaçam a produtividade e o potencial de crescimento das empresas. Cada vez o mercado tem menos barreiras de entrada, concorrentes mais sofisticados e um senso de desconfiança generalizado nos modelos tradicionais de gestão.

Para que os impactos sejam minimizados, as empresas precisam tomar mais risco, desconstruir os modelos tradicionais e buscar sistemas de gestão mais inovadores para que seus negócios não se tornem obsoletos!

Embora estejamos vivendo um momento onde os negócios estão cada vez mais ativos na estratégia de fusões e aquisições como forma de expansão e crescimento, e na tentativa de se tornarem o ecossistema do seu segmento, o intraempreendedorismo pode ser um caminho para aumentar significativamente o potencial de sucesso das empresas.

O termo intraempreendedorismo, ou empreendedorismo corporativo, vem sendo explorado por muitos estudiosos e já mostra que empresas que desenvolvem esse modelo, conseguem inovar de forma realmente disruptiva seus produtos, serviços e processos, resultando em mais crescimento e lucratividade. Elas começam a entender que os erros fazem parte e que ao invés de punir seus colaboradores, devem reconhecer que ele é o resultado de uma provável inovação. O foco não deve estar no erro e sim no aprendizado.

Isso quer dizer que os funcionários devem ter ou construir empresas? Definitivamente não! Aqui estamos falando do comportamento empreendedor, onde a capacidade de aprendizagem e a velocidade de execução parar analisar mercados ou desenvolver novos produtos é muito maior. Mas para que isso aconteça, a empresa precisa desenvolver um ambiente adequado, criando um sistema de reforço positivo, viabilizando de capital, reduzindo a burocracia e tendo o apoio da alta gestão.

Se até aqui você ainda não estava convencido de que toda empresa deve contratar e/ou desenvolver empreendedores, vou listar algumas vantagens para que toda empresa desenvolva uma filosofia empreendedora:

  • Essa filosofia aumenta consideravelmente a velocidade do desenvolvimento de novos produtos e serviços, o que resultará em uma real vantagem competitiva;

  • O modelo causa uma revolução no modelo de gestão, reduzindo barreiras e promovendo a mentalidade empreendedora;

  • Promove um ambiente propício a inovadores, ajudando a empresa a reter seu melhores talentos.

O intuito desse artigo não é incentivar pessoas a abrirem empresas, mas estimular empresas a entenderem o poder do intraempreendedorismo como forma diferenciação, acelerando seus processos de inovação e alavancando seus resultados.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: