Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.439,37
    -2.354,63 (-2,07%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.307,71
    -884,59 (-1,69%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,96
    -0,01 (-0,01%)
     
  • OURO

    1.753,90
    +2,50 (+0,14%)
     
  • BTC-USD

    47.689,38
    -355,22 (-0,74%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.193,48
    -32,05 (-2,61%)
     
  • S&P500

    4.432,99
    -40,76 (-0,91%)
     
  • DOW JONES

    34.584,88
    -166,42 (-0,48%)
     
  • FTSE

    6.963,64
    -63,84 (-0,91%)
     
  • HANG SENG

    24.920,76
    +252,96 (+1,03%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,75 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.282,75
    -43,25 (-0,28%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2023
    +0,0175 (+0,28%)
     

Por que sentimos mais fome no inverno?

·1 minuto de leitura

Você também sente mais fome durante o inverno? Pois fique tranquilo: não está sozinho. Na verdade, muitas pessoas comem mais durante a época mais fria do ano.

Um estudo publicado na National Library of Medicine, por exemplo, já apontou que a queda na temperatura culmina no aumento do nosso gasto de energia.

Enquanto isso, a Universidade de Exeter (Reino Unido) apontou que as pessoas enfrentam impulsos subconscientes de comer em excesso nesta época do ano. No estudo de Exter, os pesquisadores destacam que em nosso passado, o excesso de peso não representava uma ameaça significativa à sobrevivência em comparação com os perigos de estar abaixo do peso, e o desejo do corpo de manter a gordura é ainda mais forte no inverno, quando os alimentos no mundo natural são escassos.

As pessoas ficam desidratadas no inverno e confundem isso com fome, segundo especialistas (Imagem: freestocks/Unsplash)
As pessoas ficam desidratadas no inverno e confundem isso com fome, segundo especialistas (Imagem: freestocks/Unsplash)

Especialistas apontam que, como a maioria de nós faz tudo o que pode para evitar o frio ao ar livre, temos menos probabilidade de manter uma rotina de exercícios e mais chances de diminuir os movimentos em geral durante essa época do ano. Quanto menos ativos formos, maior será a probabilidade de preenchermos essa lacuna de tempo comendo.

Além disso, nós realmente suamos tanto no inverno quanto nas outras estações, e por causa disso, nossos corpos podem facilmente ficar desidratados. Isso pode facilmente levar a uma alimentação excessiva, pois a resposta do corpo à desidratação costuma ser confundida com sensação de fome.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos