Mercado fechado
  • BOVESPA

    129.259,49
    -831,51 (-0,64%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.579,10
    -329,10 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,54
    -0,61 (-0,85%)
     
  • OURO

    1.819,80
    -41,60 (-2,23%)
     
  • BTC-USD

    38.214,85
    -2.038,79 (-5,06%)
     
  • CMC Crypto 200

    961,10
    -31,37 (-3,16%)
     
  • S&P500

    4.223,70
    -22,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.033,67
    -265,63 (-0,77%)
     
  • FTSE

    7.184,95
    +12,47 (+0,17%)
     
  • HANG SENG

    28.436,84
    -201,66 (-0,70%)
     
  • NIKKEI

    29.291,01
    -150,29 (-0,51%)
     
  • NASDAQ

    13.915,25
    -66,00 (-0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0713
    +0,0093 (+0,15%)
     

Por que o rali do Bitcoin ainda não acabou apesar da queda, segundo especialistas

·3 minuto de leitura

O analista Willy Woo sugere que, com relação aos números do crescimento líquido das instituições, o Bitcoin (BTC) continua com tendência de alta.

No mesmo sentido, PlanB, criador do modelo Bitcoin Stock-to-Flow (STF), acredita que a correção atual está dentro do desvio aceitável de seu modelo.

Ambos os analistas argumentam que o Bitcoin provavelmente recuperará os níveis perdidos e que a tendência de alta continuará.

Willy Woo: Bitcoin está apenas esquentando

A recente queda no preço do Bitcoin foi vista por alguns como um evento dramático e um sinal claro de declínio do mercado cripto. Outros, por outro lado, consideram quedas como um desconto no preço do ativo.

Um dos mais famosos analistas da rede, Willy Woo, postou um gráfico de longo prazo do crescimento líquido de instituições neste mercado. O gráfico mostra que o colapso do preço do BTC não resultou em uma queda radical na entrada destas entidades.

<a href="https://twitter.com/woonomic/status/1396716391940575232" rel="nofollow noopener" target="_blank" data-ylk="slk:Crescimento líquido de entidades / Fonte: Twitter" class="link rapid-noclick-resp">Crescimento líquido de entidades / Fonte: Twitter</a>

Pelo contrário, a média móvel de 14 dias no último período foi claramente elevada. Na verdade, houve algum declínio no valor desse indicador on-chain, já que o Bitcoin estava seguindo a distribuição Wyckoff em busca de um top local. No entanto, o atual colapso dos preços levou, paradoxalmente, a um aumento significativo no número de instituições no mercado.

Em comparação com os picos de bolha dos ciclos anteriores, esse comportamento é inesperado. Tanto em 2013 quanto em 2017, o pico do BTC levou a um declínio dramático na taxa de crescimento de seu usuários.

Por muitos meses que se seguiram, não foi possível recuperar os valores perdidos. Hoje, podemos ver que o indicador já quebrou seu pico anterior, mas o preço ainda não experimentou um salto claro.

De acordo com Willy Woo, este é um sinal de que novas instiuições estão entrando no mercado e que a sua estrutura altista de longo prazo permanece intacta. Além disso, ele enfatiza que o número de usuários de Bitcoin dobrou a cada ano desde seu início:

“Portanto, espera-se que o pico de 2021 termine em níveis MUITO superiores ao pico de 2017. Sob essa tendência, estamos apenas no aquecimento. ”

PlanB: apenas um desvio

Opinião semelhante foi compartilhada por outro analista conhecido, o PlanB. Criador do conhecido modelo Bitcoin Stock-to-Flow afirma que o preço atual do BTC, oscilando em torno de US$ 36.000, ainda está dentro do desvio aceitável.

Segundo o analista, é possível afirmar que o preço do modelo do Bitcoin hoje é de US$ 60.000 (linha preta). O desvio superior é o dobro desse valor em US$ 120.000, enquanto o desvio inferior é a metade dele (US$ 30.000).

Essas duas linhas criam o canal do modelo S2F (faixa azul), cuja manutenção é crucial para a continuação do rali da criptomoeda.

<a href="https://twitter.com/s2fmultiple/status/1396326343302959106" rel="nofollow noopener" target="_blank" data-ylk="slk:Modelo Stock-To-Flow. Fonte: Twitter" class="link rapid-noclick-resp">Modelo Stock-To-Flow. Fonte: Twitter</a>

PlanB concluiu que seria motivo de preocupação se o preço do ativo permanecesse em torno de US$ 30.000 a US$ 35.000 pelos próximos meses. No entanto, o analista espera que “o preço do BTC se recupere nos próximos dias/semanas”.

O artigo Por que o rali do Bitcoin ainda não acabou apesar da queda, segundo especialistas foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.