Mercado abrirá em 53 mins
  • BOVESPA

    114.428,18
    -219,81 (-0,19%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.686,03
    -112,35 (-0,21%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,51
    +1,07 (+1,30%)
     
  • OURO

    1.779,00
    +13,30 (+0,75%)
     
  • BTC-USD

    62.268,70
    +971,26 (+1,58%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.451,51
    -0,13 (-0,01%)
     
  • S&P500

    4.486,46
    +15,09 (+0,34%)
     
  • DOW JONES

    35.258,61
    -36,15 (-0,10%)
     
  • FTSE

    7.209,55
    +5,72 (+0,08%)
     
  • HANG SENG

    25.787,21
    +377,46 (+1,49%)
     
  • NIKKEI

    29.215,52
    +190,06 (+0,65%)
     
  • NASDAQ

    15.351,00
    +60,50 (+0,40%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4202
    +0,0287 (+0,45%)
     

Por que o CEO do JP Morgan está mentindo sobre o Bitcoin?

·2 minuto de leitura

Em entrevista ao The Times of India, o todo-poderoso do JP Morgan, o maior banco dos EUA, falou que não dá importância para o Bitcoin, e que segue sem saber se o ativo é ou não uma moeda.

Em seguida, Jamie Dimon afirma que não pretende comprar Bitcoin, mas que pode atingir 400 mil dólares em 5 anos. Em resumo, afirmou que o Bitcoin é uma “bolha” especulativa, acompanhando uma alta generalizada de ativos tradicionais.

Onde está o furo nesta tese?

Primeiramente, é leviano argumentar que Bitcoin não é uma moeda, quando El Salvador, um país, já a utiliza como uma das moedas oficiais. De qualquer forma, independente de ser moeda, commodity (ouro digital), ou uma “rede social” para transferências, é um ativo estabelecido.

Existem contratos futuros com liquidez na CME, a maior bolsa de derivativos do mundo, empresas tradicionais alocando bilhões em seus balanços, além de milhões de pessoas utilizando diariamente para transferências e reserva de valor. Em suma, ser uma moeda não é algo que deveria guiar a decisão de investimento de alguém. Afinal, o que é o ouro?

JP Morgan não dá importância para o Bitcoin?

Em agosto de 2021 o banco pediu autorização para lançar fundos passivos de Bitcoin para seus clientes, em parceria com a NYDIG. Ok, é bem diferente do banco comprar a criptomoeda para seu balanço, mas sinaliza que vê crescimento no mercado, e demanda por parte dos clientes.

Se era bolha em 2017, como pode ser bolha em 2021?

Em setembro de 2017, Jamie Dimon disse que o Bitcoin era uma fraude, e que isso não acabaria bem. O presidente do banco norte-americano acrescentou que “não era algo real, e eventualmente seria terminado.”

Curiosamente, Jamie afirmou que sua filha havia comprado, e ela se achava uma gênia por conta da alta do preço. Bom, o final da história nós sabemos: o Bitcoin hoje está 10x acima dos 4 mil dólares daquela época.

Não existe “bolha” se tudo está inflado

A última mentira é uma lógica sem sentido. Jamie diz que o Bitcoin somente acompanhou uma onda favorável causada pela reação dos governos ao Covid, que também inflou ativos tradicionais.

Se haviam 20 trilhões de dólares (equivalente) emitido pelos Bancos Centrais, e hoje são 30 trilhões, é natural que o preço dos ativos aumente em 50%. Recomendo o excelente relatório da Yardeni Research para estes dados.

Ou seja, se o ativo é dos outros, é “bolha”, o dele, no caso ações de empresas e imóveis nos EUA, tiveram uma alta justificada. Entende como Jamie utiliza 2 pesos e 2 medidas? Enfim, o Bitcoin está barato, pois sua adoção está abaixo de 10%, logo ainda há muito espaço para crescer.

Fonte: Livecoins

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos