Mercado fechará em 5 horas 1 minuto
  • BOVESPA

    109.596,39
    +482,23 (+0,44%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.162,15
    +353,59 (+0,79%)
     
  • PETROLEO CRU

    78,73
    +2,02 (+2,63%)
     
  • OURO

    1.644,90
    +11,50 (+0,70%)
     
  • BTC-USD

    20.210,79
    +1.061,33 (+5,54%)
     
  • CMC Crypto 200

    462,04
    +2,90 (+0,63%)
     
  • S&P500

    3.697,84
    +42,80 (+1,17%)
     
  • DOW JONES

    29.535,85
    +275,04 (+0,94%)
     
  • FTSE

    7.041,68
    +20,73 (+0,30%)
     
  • HANG SENG

    17.860,31
    +5,17 (+0,03%)
     
  • NIKKEI

    26.571,87
    +140,32 (+0,53%)
     
  • NASDAQ

    11.499,25
    +183,00 (+1,62%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1449
    -0,0345 (-0,67%)
     

Por que nossas mãos incham quando andamos ou corremos?

Às vezes, quando andamos muito ou praticamos corrida, nossas mãos — principalmente os dedos — ficam um pouco inchadas, com a sensação de estarem sendo esticadas. Caso isso aconteça apenas mediante exercícios físicos mais intensos, não há de se preocupar: isso é absolutamente normal. A informação é do médico William O. Roberts, da University of Minnesota, ao site Runner's World.

Segundo o especialista, as mãos costumam inchar quando o ambiente está mais quente, mas não é um sinal de desidratação, e sim o contrário. É o que se chama hiponatremia, que ocorre quando se bebe muito fluido (normalmente, água) ao longo de uma corrida ou atividade física. O aumento do fluxo sanguíneo também pode causa coceira nas pernas no início de práticas.

Exercícios físicos como andar, correr ou pedalar podem aumentar o fluxo sanguíneo, especialmente no calor, e, quando muito hidratados, fazer inchar as mãos (Imagem: Halfpoint/Envato Elements)
Exercícios físicos como andar, correr ou pedalar podem aumentar o fluxo sanguíneo, especialmente no calor, e, quando muito hidratados, fazer inchar as mãos (Imagem: Halfpoint/Envato Elements)

Como as mãos incham e como evitar?

Quando nos exercitamos, a circulação naturalmente aumenta. Temos, nas mãos, uma rede enorme de pequenos vasos sanguíneos, que, com o fluxo aumentado, se abrem. Com isso, o fluido acaba escapando por entre as células, e são a causa mais provável do inchaço.

Outra influência para a ocorrência é o balançar dos braços: isso contribui para a retenção de líquido porque o movimento aumenta a movimentação de ar ao longo da pele, aumentando a troca de calor entre o seu corpo e o ar. O fluido é, eventualmente, reabsorvido pelo organismo, retornando às células ou sendo limpo pelo sistema linfático.

Embora a reabsorção dos líquidos também aconteça enquanto nos exercitamos, mas a taxa de remoção é mais devagar do que a de acumulação durante a prática. Após o cessar dos exercícios, o fenômeno deve desaparecer em alguns minutos. Caso você note que as mãos incham mais quando se exercita no calor, tente escolher horários mais frescos do dia para atividades mais longas ou pesadas, como a manhã ou a noite.

Busque horários mais frescos para correr e faça um plano de hidratação para evitar o consumo excessivo de água (Imagem: sporlab/Unsplash)
Busque horários mais frescos para correr e faça um plano de hidratação para evitar o consumo excessivo de água (Imagem: sporlab/Unsplash)

Além disso, para ajudar na reabsorção imediata dos líquidos, você pode levantar as mãos para o alto, ajudando no fluxo fluidico. Por isso, também é bom evitar a utilização de anéis ou outros aparatos estéticos nas mãos, já que é desconfortável e potencialmente prejudicial à circulação. Outra dica é fazer um bom plano de hidratação, evitando tomar água muito rápido ou em quantidade excessiva durante o exercício.

Um estudo, publicado na European Journal of Applied Psychology, sugere que o consumo de água quando você estiver com vontade — no caso, com sede — já deve ser o suficiente para uma hidratação adequada. Independente da temperatura, isso deve funcionar após exercícios e evitar excesso de hidratação.

Caso o inchaço persista para além dos momentos de exercícios, convém buscar seu médico, pois pode ser um sinal de alguma doença renal, hepática, trombose, insuficiência cardíaca ou linfedema. Há, também, a Síndrome de Raynaud, que estreita os vasos sanguíneos e pode causar inchaço, mas costuma acontecer em baixas temperaturas.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: