Mercado abrirá em 2 h 33 min
  • BOVESPA

    110.580,79
    +234,97 (+0,21%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.304,04
    -72,85 (-0,14%)
     
  • PETROLEO CRU

    111,31
    +1,54 (+1,40%)
     
  • OURO

    1.853,70
    -11,70 (-0,63%)
     
  • BTC-USD

    29.719,93
    +401,47 (+1,37%)
     
  • CMC Crypto 200

    661,06
    +5,23 (+0,80%)
     
  • S&P500

    3.941,48
    -32,27 (-0,81%)
     
  • DOW JONES

    31.928,62
    +48,38 (+0,15%)
     
  • FTSE

    7.529,01
    +44,66 (+0,60%)
     
  • HANG SENG

    20.171,27
    +59,17 (+0,29%)
     
  • NIKKEI

    26.677,80
    -70,34 (-0,26%)
     
  • NASDAQ

    11.781,00
    +10,00 (+0,08%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1420
    -0,0302 (-0,58%)
     

Por que a Ferrari proibiu Justin Bieber de comprar carros da marca?

O cantor canadense Justin Bieber conseguiu realizar o sonho de infância de muitos apaixonados por carros superesportivos e levou uma Ferrari 458 Italia para sua garagem em 2011. Só que agora, mesmo milionário, não poderá comprar mais nenhum carro da “marca do cavalinho”.

O motivo para Bieber ter sido "banido" e impedido de comprar carros da marca é inusitado, porém, bastante simples: desrespeito ao código de conduta que a Ferrari possui e passa a todos os clientes que têm a chance de comprar um carro da marca.

Além de Justin Bieber, outros nomes bastante conhecidos do mundo pop também seriam considerados “personas non gratas” pela Ferrari justamente por descumprirem o código de ética da marca após levarem um supercarro para casa: o ator Nicolas Cage, o rapper 50 Cent e a socialite Kim Kardashian.

Justin Bieber customizou sua Ferrari em uma loja não-oficial e foi punido pela fabricante (Imagem: Reprodução/Barrett-Jackson)
Justin Bieber customizou sua Ferrari em uma loja não-oficial e foi punido pela fabricante (Imagem: Reprodução/Barrett-Jackson)

O que Bieber fez para irritar a Ferrari?

Voltando para a história do cantor canadense, o que, afinal, teria feito Justin Bieber para deixar a Ferrari tão irritada a ponto de colocá-lo em uma lista de clientes proibidos de comprar carros da marca?

Tudo teria começado em 2016, quando Bieber, ao ir a uma balada em Beverly Hills, deixou sua Ferrari estacionada do lado de fora por nada menos do que duas semanas. O carro, claro, acabou guinchado, e Bieber, multado.

No mesmo ano, veio o chamado “strike 2” ou, em bom português, a segunda bola fora: Bieber cometeu o pecado de pintar sua Ferrari 458 Italia, originalmente branca, de um tom azul cintilante. E o pior: fez isso em uma loja de preparação automotiva que não tinha credenciamento da marca.

O cantor também trocou as rodas de metal do carro por produtos não-oficiais da marca e, como se não bastasse, alterou a cor do tradicional logo do cavalinho que fica no volante, de vermelho para azul.

O último ato de indisciplina cometido por Bieber aconteceu em 2017, quando o cantor resolveu leiloar seu “mimo” e arrematou aproximadamente US$ 434 mil com o evento. A Ferrari, para quem não sabe, proíbe que os proprietários façam leilão de seus carros.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos