Mercado abrirá em 5 h 59 min
  • BOVESPA

    109.951,49
    +2.121,77 (+1,97%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    53.125,01
    -210,50 (-0,39%)
     
  • PETROLEO CRU

    78,54
    +0,07 (+0,09%)
     
  • OURO

    1.889,50
    -1,20 (-0,06%)
     
  • BTC-USD

    22.615,45
    -617,96 (-2,66%)
     
  • CMC Crypto 200

    520,88
    -16,01 (-2,98%)
     
  • S&P500

    4.117,86
    -46,14 (-1,11%)
     
  • DOW JONES

    33.949,01
    -207,68 (-0,61%)
     
  • FTSE

    7.885,17
    +20,46 (+0,26%)
     
  • HANG SENG

    21.501,65
    +218,13 (+1,02%)
     
  • NIKKEI

    27.590,14
    -16,32 (-0,06%)
     
  • NASDAQ

    12.603,50
    +58,25 (+0,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5769
    +0,0095 (+0,17%)
     

Por que a exposição ao sol pode clarear o cabelo?

Estamos na temporada mais quente do ano, época de pegar aquele bronzeado e aproveitar o sol — ao contrário da pele, no entanto, nosso cabelo acaba ficando mais claro ao ser exposto ao astro principal do sistema solar. Por que isso acontece, se a radiação ultravioleta (UV) é a mesma recebida por ambas as partes do corpo? A chave está na melanina e no estado em que se encontram pele e os folículos capilares.

O cabelo é, como popularmente conhecido, uma parte “morta” do corpo, sendo composto apenas de lipídios, água, proteínas estruturais e pigmentos. A luz solar e os raios UV, ao bater nas células mortas que compõem essa estrutura, quebra a melanina que dá sua cor, clareando ou alvejando a região, que não consegue mais se regenerar e segue ficando mais clara. Todo o processo é completamente natural, mas, é claro, deixa o cabelo mais fraco e desprotegido de novas exposições, inclusive de outras intempéries.

Na pele, a coisa é um pouco diferente, já que ela oferece uma primeira barreira natural à radiação UV e realiza melanogênese, ou seja, nota uma maior absorção dessa radiação e procura estimular as células a fazerem mais melanina, escurecendo o tom da epiderme.

Ao quebrar a melanina presente nos folículos capilares, o sol pode clarear o cabelo, já que é uma parte morta do corpo que não se regenera mais (Imagem: Tim Mossholder/Unsplash)
Ao quebrar a melanina presente nos folículos capilares, o sol pode clarear o cabelo, já que é uma parte morta do corpo que não se regenera mais (Imagem: Tim Mossholder/Unsplash)

Como acelerar o clareamento do cabelo?

Além de utilizar o sol para clarear o cabelo, há algumas maneiras também naturais de acelerar o processo de clareamento, utilizando suco de limão, chá de camomila, mel ou henna, por exemplo. Essas técnicas, que variam na aplicação e preparo, geralmente envolvem diluir a substância em água e aplicá-la no cabelo, expondo-o ao sol em seguida. Há alguns cuidados e riscos, no entanto.

Ao utilizar qualquer substância, ou mesmo a luz solar rica em raios UV, convém proteger a pele da exposição, já que pode acabar manchada, queimada ou até mesmo doente. As células vivas estão suscetíveis ao dano solar e o gerado pelo limão, por exemplo, e podem sofrer erros na divisão e causar até câncer em altas exposições. Por isso, convém sempre utilizar protetor solar antes de se expor aos raios de sol.

O clareamento do cabelo pode ser feito em casa, com produtos naturais — é preciso, no entanto, cuidar com excessos e alergias para não manchar ou machucar outras partes do corpo (Imagem: Jonn Leffmann/CC-BY-3.0)
O clareamento do cabelo pode ser feito em casa, com produtos naturais — é preciso, no entanto, cuidar com excessos e alergias para não manchar ou machucar outras partes do corpo (Imagem: Jonn Leffmann/CC-BY-3.0)

Outra dica é utilizar uma toalha nas costas ou ombros enquanto aplicar qualquer mistura capilar. As substâncias que descrevemos também devem ser aplicadas uma ou no máximo duas vezes por semana, evitando que o cabelo fique ressecado e quebradiço. Aplicações amadoras também podem acabar deixando o cabelo elástico ou queimar o couro cabeludo, então tome sempre muito cuidado com o método escolhido. Nossa recomendação é procurar um profissional para mudar a cor do seu cabelo.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: