Mercado fechado
  • BOVESPA

    101.259,75
    -657,98 (-0,65%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    38.707,72
    +55,53 (+0,14%)
     
  • PETROLEO CRU

    39,78
    -0,86 (-2,12%)
     
  • OURO

    1.903,40
    -1,20 (-0,06%)
     
  • BTC-USD

    12.986,98
    -325,14 (-2,44%)
     
  • CMC Crypto 200

    260,05
    -1,40 (-0,54%)
     
  • S&P500

    3.465,39
    +11,90 (+0,34%)
     
  • DOW JONES

    28.335,57
    -28,09 (-0,10%)
     
  • FTSE

    5.860,28
    +74,63 (+1,29%)
     
  • HANG SENG

    24.918,78
    +132,65 (+0,54%)
     
  • NIKKEI

    23.516,59
    +42,32 (+0,18%)
     
  • NASDAQ

    11.669,25
    +19,50 (+0,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6639
    +0,0538 (+0,81%)
     

Por que a Defensoria Pública quer tirar as notas de R$ 200 de circulação

Marcus Couto
·1 minuto de leitura
A nota de R$ 200, menor e sem acessibilidade. (Foto: Getty Images)
A nota de R$ 200, menor e sem acessibilidade. (Foto: Getty Images)

A Defensoria Pública da União registrou na última sexta-feira (9) um processo, assinado junto com a Defensoria Pública do Distrito Federal e a Organização Nacional de Cegos do Brasil, para remover de circulação as notas de R$ 200.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

As novas cédulas entraram em circulação no início do mês passado, e geraram polêmica por conta de seu formato igual ao da nota de R$ 20.

Leia também

Mas a DPU foi além, e está pedindo que o Banco Central tire as notas do mercado, justamente por conta de seu tamanho. As informações são do portal G1.

Segundo o processo, “a inviabilização da identificação da nova cédula pelas pessoas com deficiência visual, por gerar efeitos de exclusão e prejuízo ao exercício dos direitos dessa comunidade, caracteriza discriminação por parte da Administração Pública”.

Essa falta de acessibilidade seria suficiente para remover as cédulas do mercado. A ação prevê ainda multa de R$ 50 mil por dia caso o pedido não for cumprido.

O Banco Central ainda não se posicionou sobre o assunto. Na época do lançamento, o órgão argumentou que o tamanho igual ao da nota de R$ 20 era uma necessidade logística, pelo pouco tempo com que a nova cédula foi projetada e lançada.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube