Mercado fechará em 3 h 25 min

Por que é seguro comer bananas mesmo elas sendo radioativas?

Talvez você já tenha ouvido falar no fato de que qualquer banana é levemente radioativa. Isso não significa que alguém vai se transformar em super-herói ao comê-las, nem desenvolver alguma doença relacionada à radiação.

De fato, as bananas contêm uma pequena quantidade de radiação, assim como basicamente tudo ao nosso redor. Na verdade, até os nossos corpos a contêm. A radiação da banana, em especial, está relacionada ao seu alto índice de potássio — uma pequena porção dele é radioativa.

Entenda o que é radiação

A radiação consiste em energia transportada por meio de ondas ou partículas. Ela pode ter fontes naturais, como é o caso da radiação cósmica, vinda do Sol e presente no espaço — e as rochas, o ar e a água também emitem radiação natural. Já fontes artificiais incluem máquinas de raio-X e outros equipamentos médicos, celulares e linhas de energia.

A palavra
A palavra "radiação" já pode causar medo, mas nem toda radiação é perigosa (Imagem: diegograndi/Envato)

E não é porque uma radiação é ou não artificial que ela é mais ou menos perigosa. Os danos causados pela radiação estão relacionados ao tipo, intensidade e tempo de exposição a ela.

A radiação pode ser classificada em ionizante ou não-ionizante, dependendo de seu nível de energia. A primeira possui energia o suficiente para remover um elétron de um átomo. Já a segunda é menos energética, mas ainda pode fazer átomos e moléculas vibrarem mais rapidamente.

Toda radiação é perigosa?

Não, nem toda radiação representa um risco para nós. Em via de regra, exposições prolongadas à radiação ionizante, como é o caso dos raios-X, podem danificar tecidos celulares e o DNA humano. Mas a radiação não-ionizante também pode ser perigosa, como no caso dos raios ultravioleta emitidos pelo Sol.

Bananas radioativas: é seguro comer?

Não há risco algum nas quantidades de radiação presente em alimentos, incluindo as bananas.

Além disso, em certas condições a radiação pode ser, inclusive, benéfica: médicos a utilizam para a geração de imagens do nosso corpo e até para matar células cancerosas. A radiação que transforma as pessoas em super-heróis, porém, fica somente na ficção científica mesmo.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: