Mercado fechado

Ponte histórica não será mais desmontada para que iate de Bezos passe

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Ponte fica no porto de Roterdão, única passagem para o mar até então prevista para o iate do bilionário (Getty Images)
Ponte fica no porto de Roterdão, única passagem para o mar até então prevista para o iate do bilionário

(Getty Images)

  • Ponte histórica que seria desmontada apenas para passagem do iate de Bezos não será mais tocada;

  • Empresa responsável pela construção teme que o iate seja vandalizado pelos moradores;

  • Chamada 'De Hef', construção data de 1878 e chegou a ser bombardeada durante a II Guerra Mundial.

A empresa holandesa Oceanco, responsável pela construção do iate de luxo do bilionário Jeff Bezos, revelou que não tem mais a intenção de solicitar às autoridades que desmontem a ponte histórica ‘De Hef’ apenas para que a embarcação passe.

Em fevereiro deste ano, o assunto gerou um rebuliço por parte de quem discordava com retirada temporária da parte central da construção, já que a altura era baixa demais em comparação ao navio do fundador da Amazon. A ponte data de 1878 e teve que ser reparada após um bombardeio em 1940, durante a Segunda Guerra Mundial. Em 2017, após uma grande reforma, o município garantiu que a estrutura nunca mais seria tocada, mas descumpriu a promessa ao autorizar o desmonte.

Conforme publicado pelo portal local Trouw, os moradores estavam tão inflexíveis que a Oceanco temeu que o iate pudesse ser vandalizado ao passar. No Facebook, um morador chamado Pablo Strömann chegou a criar, de brincadeira, um evento que incitava as pessoas a tacarem ovos na embarcação de Bezos. Depois que milhares manifestaram suas reais intenções de seguir com a ideia, ele removeu a página.

Na época, um porta-voz da prefeitura justificou à AFP que aquela era a “única passagem para o mar” e que a autorização do desmonte foi tomada por conta da importância econômica que o iate tem, especialmente por gerar empregos em Alblasserdam, perto de Roterdão, onde está sendo construído. Ele está avaliado em US$ 486 milhões (R$ 2,5 bilhões).

Agora que a ideia de mexer na ponte foi abandonada, especula-se como o mega-iate de Bezos vai atravessar o oceano. Por enquanto, a empresa responsável não indicou qual será a solução para a questão.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos