Mercado abrirá em 2 h 13 min

Policial que matou George Floyd asfixiado é preso em Minneapolis

Protestos antirracismo tomaram conta de Minneapolis e outras cidades nos Estados Unidos (Foto: Jeff Wheeler/Star Tribune via AP)

Foi preso nesta sexta-feira Derek Chauvin, policial que matou George Floyd asfixiado no início desta semana. O caso aconteceu em Minneapolis, nos Estados Unidos. O local virou palco de manifestações contra o racismo no país.

E nos siga no Google News:

Yahoo Notícias | Yahoo Finanças | Yahoo Esportes | Yahoo Vida e Estilo

As manifestações se espalharam por todo país.

Derek Chauvin foi identificado pois a morte de Floyd foi filmada. O vídeo se espalhou não só por todo país, mas pelo mundo. Antes de morrer asfixiado, o homem tenta dizer ao policial que não está conseguindo respirar.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Segundo informações da CBS, o policial estava na corporação há 19 anos e já tinha 18 denúncias contra ele. Floyd foi detido por policiais depois de tentar fazer compras em um estabelecimento com uma nota falta. O dono do local chamou a polícia.

Leia também

Durante os protestos nesta sexta-feira em Minneapolis, um repórter negro da CNN foi detido e levado para uma delegacia, mesmo após se identificar e mostrar credenciais. Um jornalista branco, da mesma emissora, não foi abordado.

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.