Mercado fechado
  • BOVESPA

    106.901,72
    +1.832,03 (+1,74%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.614,00
    +16,71 (+0,03%)
     
  • PETROLEO CRU

    69,67
    +3,41 (+5,15%)
     
  • OURO

    1.779,80
    -4,10 (-0,23%)
     
  • BTC-USD

    49.256,92
    +341,47 (+0,70%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.274,43
    +14,27 (+1,13%)
     
  • S&P500

    4.591,84
    +53,41 (+1,18%)
     
  • DOW JONES

    35.230,93
    +650,85 (+1,88%)
     
  • FTSE

    7.232,28
    +109,96 (+1,54%)
     
  • HANG SENG

    23.349,38
    -417,31 (-1,76%)
     
  • NIKKEI

    27.927,37
    -102,20 (-0,36%)
     
  • NASDAQ

    15.846,00
    +128,25 (+0,82%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4136
    +0,0183 (+0,29%)
     

Policial militar é morto após assalto em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense

·1 min de leitura

Um policial militar foi morto ao ser baleado após ter sua moto roubada em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, na noite desta sexta-feira (15). O soldado Cassio Gomes, de 31 anos, estava na Rua Carlos Gomes, no bairro da Luz, quando foi abordado pelos criminosos. O 20º BPM (Mesquita) foi acionado para a ocorrência, mas o agente foi encontrado já morto no local, como constatado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

De acordo com a Polícia Militar, o soldado teve sua moto roubada e foi alvejado por disparos. Os criminosos fugiram. A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), que assumiu o caso, realizou a perícia no local. Ainda não há informações sobre o sepultamento.

Cassio Gomes era lotado no 3º BPM (Méier) e estava na corporação há sete anos. Ele deixa dois filhos. O comando do 3º BPM está prestando total assistência à família. A corporação lamentou a morte do policial.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos