Mercado fechado
  • BOVESPA

    117.669,90
    -643,33 (-0,54%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.627,67
    -560,48 (-1,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    59,34
    -0,26 (-0,44%)
     
  • OURO

    1.744,10
    -14,10 (-0,80%)
     
  • BTC-USD

    59.104,84
    +593,75 (+1,01%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.235,89
    +8,34 (+0,68%)
     
  • S&P500

    4.128,80
    +31,63 (+0,77%)
     
  • DOW JONES

    33.800,60
    +297,03 (+0,89%)
     
  • FTSE

    6.915,75
    -26,47 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    28.698,80
    -309,27 (-1,07%)
     
  • NIKKEI

    29.768,06
    +59,08 (+0,20%)
     
  • NASDAQ

    13.811,00
    +63,25 (+0,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7625
    +0,1276 (+1,92%)
     

Polícia interrompe balada clandestina com 150 pessoas em SP

Redação Notícias
·1 minuto de leitura
Balada no Tatuapé, em São Paulo (Foto: Reprodução)
Balada no Tatuapé, em São Paulo (Foto: Reprodução)

Algumas horas depois que o governador de São Paulo, João Doria, anunciou mais restrições na fase vermelha em razão da crítica situação do sistema de saúde por causa da pandemia, a Polícia Civil interrompeu uma festa clandestina organizada na madrugada desta sexta na zona leste da capital paulista.

Leia também:

Mais de 150 pessoas participavam da balada na rua Francisco Marengo, no Tatuapé. Oito pessoas, entre organizadores e funcionários. foram levadas para uma delegacia. Os demais participantes da festa clandestina foram liberados.

As novas medidas da fase vermelha passam a valer na segunda, dia 15, e devem permanecer até o dia 30. Entre as principais mudanças estão suspensão de cultos religiosos coletivos e de qualquer evento esportivo, incluindo o Campeonato Paulista.

Comércios não essenciais só poderão funcionar por delivery ou drive-thru. O toque de recolher passa a vigorar das 20h às 5h em todo o estado.